Retrospectiva 2008

Dois mil e oito está acabando aos poucos, com muitas risadas, muitas conquistas, amigos distantes que se aproximaram e amigos próximos que se afastaram. Comecei o ano trabalhando na minha escolinha querida, e agora termino no banco que eu sonhei em trabalhar.

Só tenho a agredecer pelos momentos que trabalhei na minha eterna escolinha. Graças às pessoas daquela escola os meus dias foram mais animados, as piadas mais cheias de risos altos, meu computador muito mais lotado de fotos e os almoços de final de ano cheios de bagunça e festas. Os meus dramas foram MUITO mais leves. Acordar cedo e saber que não vou em direção a EE Parque Jaraguá é muito triste. Mas saber que estou crescendo profissionalmente me traz uma alegria muito grande. Traz para minha alma um conforto enorme.

Mudanças radicais fizeram desse ano um dos melhores dos últimos tempos. Aprendi a encará-las de frente, tirar o melhor proveito de tudo. Encarar as coisas sempre olhando pelo lado positivo, afinal o otimismo veio junto na minha carga genética (e olha que não é pouco).

Viajei, ri muito, saí muito, passei mais tempo no computador do que deveria. Tirei notas boas na faculdade, aprendi muito com as pessoas e os professores, e o terceiro ano se foi, nem acredito que o ano que vem é o quarto e o último.

Decepcionei-me com pessoas também, e com certeza devo ter decepcionado outras mais. Errei tentando acertar, sempre achando que estava certa (eu sempre acho que estou certa). E como toda sagitariana vingativa, bolei planos infalíveis que não saíram dessa minha mente insana (graças a Deus).

Mantive contato com pessoas que amo e estão distantes. Ganhei presentes especiais, amigos mais especiais ainda. Realizei muitos sonhos materiais.

Perdi um cachorrinho, o Mané, meu gorducho e companheiro por quase oito anos, um dos poucos momentos que me fez chorar de tristeza esse ano. De alegria eu sempre choro mesmo!

A internet me trouxe tantas pessoas queridas que eu seria incapaz de nomeá-las aqui, correndo o risco de ser injusta. Descobri muitos novos blogs legais, comunidades, fóruns, e descobri mais ainda que não sei mais o que é a vida sem internet.

O mundo dos scraps me trouxe muitos momentos divertidos e interessantes. Entrei pra turma do Scrapblog, ganhei novas amigas talentosas e engraçadas que fazem meus dias muito mais divertidos e legais. O que seria de mim sem os bastidores desse blog?! Aperfeiçoei-me na arte das páginas digitais, fui convidada pra alguns CT´s nacionais e internacionais e ainda mandei revelar o primeiro álbum com minhas páginas de 2007/2008. Estou apaixonada por ele!

Comprei meu próprio computador, uma câmera digital saborosa, reformamos a casa, troquei alguns móveis do quarto. Tirei MUITAS fotos, li vários livros e assisti muitos filmes mais. Virei uma sériemaníaca.

Engordei demais e como toda pessoa acima do peso e com a consciência mais pesada do que os quilos na balança, me matriculei na academia no meio ano, desisti em menos de um mês, e agora, trabalhando menos horas por dia, voltei a me matricular. Dessa vez já faz quase dois meses que estou indo no mínimo três vezes por semana. Três quilinhos já foram embora, porém ainda faltam muito mais que três pra voltar ao corpitcho de começo de namoro.

Como todo término de ano, dessa vez eu quero fazer diferente: ao invés de muitos pedidos, quero é que agradecer tudo de bom que aconteceu nesse ano. E olha que não foi pouca coisa!

Promoção no banco, carro novo, o diploma do curso de letras foram algumas das conquistas do meu Bruno. Algumas entrevistas, novas poesias e contos, e um livro prontinho esperando a oportunidade de ser publicado.

No que diz respeito à vida a dois, vimos muitos novos casais se unindo e alguns antigos se desmanchando. E essas mudanças não nos afetaram, continuamos firmes e fortes, certos de que estamos no caminho certo. Tivemos alguns momentos ruins, como todo casal, mas foram tão poucos e insignificantes que eu seria incapaz de relembrá-los. O novo ano vai começar e cá estamos juntos! Os planos pra vida a dois começam a fazer parte dos nossos sonhos, algo ainda distante, mas que será muito bem planejado.

Eu desejo que 2009 seja tão bom ou ainda melhor que 2008. Tudo que desejo de melhor pra mim desejo ainda em dobro pra quem está ao meu redor, seja no trabalho, na faculdade, na internet…

Obrigada por fazer parte da minha vida, dos meus dramas, das minhas conquistas. Saiba que se você está lendo tudo isso, é porque você é muito importante pra mim e merece compartilhar comigo tudo que a vida tem que melhor! Obrigada pela sua presença em minha vida, por perdoar meus sumiços injustificados e compreender as aparições inesperadas. Obrigada por compreender que mesmo muitas vezes distante, eu valorizo MUITO a nossa amizade e me faz muito feliz saber que você faz parte da minha vida.  Que em 2009 possamos continuar nossa caminhada buscando a melhoria constante, um futuro melhor pra nós.

Um ótimo finalzinho de ano! Que os fogos dessa virada  traga somente coisas boas a todos nós. E que venha 2.009!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

4 pensamentos em “Retrospectiva 2008”