Supercalifragilisticexpialidocious

poppins4-715158Aposto que vocês já sabem o que estou falando. Ontem a noite assisti com o Bruno o filme Mary Poppins, um dos filmes que eu e meus irmãos mais amávamos na nossa infância. E para minha surpresa eu me lembrava das músicas, das cenas, e assisti sorrindo que nem uma criança feliz. O Bruno não curtiu muito, achou beeeem forçado, mas que filme não seria se estivesse completando 40 anos? Adorei ter assistido e mais ainda entendido um pouco melhor as músicas, porque quando pequena eu e minha irmã cantávamos do jeito que entendíamos, imagina o que não saia??

O Filme

De 1964, a história se passa na Londres de 1910, na Rua das Cerejeiras. A família Banks, que procura desesperadamente uma babá para seus filhos Michael e Jane que são temperamentais e teimosos. Eis então que os ventos do Leste sopram e Mary Poppins chega para por ordem na bagunça, com seu jeitinho super especial.

Inspiração

Como a internet nos diz TUDO, lá fui eu procurar informações sobre o filme e a atriz  Julie Andrews, intéprete de Marry Poppins. Primeiro, o filme é baseado numa série de livros da escritora australiana Pamela Lyndon Travers ou (P.L. Travers). Não relata fielmente as histórias dos livros, os pais de Michael e Jane ainda tinham um casal de filhos gêmeos que não aparecem no filme. A atriz, Julie Andrews, está viva (foi a primeira pergunta do Bruno quando o filme começou). Ganhou vários prêmios como revelação, melhor atriz, dentre outros por causa do filme. E, tcharãn, além de ter feito outros filmes, ela é intérprete da voz da Rainha Lilian no filme Shrek (que aliás, em 2010 sai o quarto filme da série do ogro verde favorito).

mary-poppinsA mistura com desenho deixa o filme bem infantil. O DVD que eu me dei de presente é duplo em comemoração aos 40 anos  e reúne várias outras informações como: músicas inéditas, um quizz com perguntas do filme, uma entrevista com Julie bem interessante.

Fora a música que dá título a esse post, a minha outra preferida é A Spoonful of Sugar, que eu achava que o nome era Medicine go down, por causa do refrão.

Uma das minhas cenas preferidas é a dança de Bert com os pinguins. A série de livros dessa autora já virou musicais em diversos países. É pura magia para as crianças, que como eu, nunca vão crescer. O Bruno que me perdoe, mas eu A-DO-REI ter assistido o filme ontem e com certeza ainda assistirei tantas vezes mais. No fundinho, tenho certeza que ele também gostou, embora tenha repetido diversas vezes que poderíamos ter assistido o DVD novo do Batman – o cavaleiro das trevas.Sem problemas, a gente assiste hoje. ^-^

3 comentários em “Supercalifragilisticexpialidocious

DEIXE UM COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar ao topo