Quando eu decidi emagrecer + agora é pra sempre

Ano passado eu fiz um regime. Desses que a gente faz por conta própria. Estava funcionando super bem, cheguei na minha primeira meta, 73 kg (aff isso mesmo era uma meta, imagina o peso inicial?). Quando comecei namorar o Bruno eu pesava 58Kg. Vinte quilinhos em sete anos, morô?

Fiz alguns posts comentando o quanto estava perdendo, comparando a foto de rosto (quando engordo fico parecendo a lua cheia). Dai que chegou dezembro e as festas. Aí decidimos fazer a viagem especial e os meses de ansiedade começaram. Quando eu vi (em abril) já tinha recuperado quase tudo que perdi. Aí fomos viajar, apesar de termos andando MUITO durante toda a viagem, eu repunha diariamente com as massas e chocolates que comprávamos. Voltei para Bauru com mais chocolate que o supermercado da esquina (isso porque eu dei chocolate pra todo mundo). Daí que comecei trabalhar no setor novo do banco, muitas novidades e mais ansiedade junto com a total falta de comida em casa (e a gente comprando diariamente coisas prontas), cheguei o cúmulo de comer uma barra de chocolate depois do almoço. Em vários dias da semana. E nos finais de semana almoços e jantares fora, lanches, porcarias e muitas carolinas. Alguma coisa estava errada, né? E quando eu percebi isso? Ao ver essa foto tirada em 31/07/2011:

Olha o meu tamanho nessa foto. 81 kilos. Sabe o que significa contar pra vocês o meu peso?  Uma puta falta de vergonha na cara, né?

[spoiler /Ver Mais/ /Esconder/]

Eu estava adiando começar o regime porque a vida estava boa, sabe? E eu sabia que quando eu decidisse iria ser algo totalmente diferente do que eu já tinha feito. Marquei nutricionista, decidi mudar de vez a alimentação, fazer exercícios, ter uma vida saudável (aquilo que todo mundo prega por aí) e já estava mais do que na hora de começar, afinal, não tenho 18 aninhos (tá, 26 não é muito, mas não vou esperar chegar nos 30, né?).

E posso dizer que marcar a nutricionista fez TODA a diferença. Ela me convenceu que não estou de dieta. Que preciso manter essa alimentação PRA SEMPRE porque eu tendo a ser gordinha (#sofro). Claro que até eu chegar no peso ideal (combinamos que a meta final será 65 kg, quando eu chegar lá vamos fazer uma avaliação pra ver se está bom, porque não adianta eu sonhar com um peso de Bundchen, né?) a coisa vai ser mais radical. Então tá. Inclui os pães integrais, frutas, verduras, sucos, parei com o refrigerante (oi, tem TRÊS meses que não tomo refrigerante, nenhunzinho). A nutricionista disse que se eu tiver que comer algo mais calórico, que seja algo mais saudável, com nutrientes. Daí que Bruno também entrou nessa, embora com menos radicalismo que eu. Começou jogar tenis, fazer aula,  diminuiu consideravelmente os lanches e refrigerantes (em casa só tem refrigerante pras visitas) e perdeu facinho uns cinco kilos (todo mundo reparou).

E eu, olha o rostinho diminuindo.

Hoje, cinco de novembro de 2011, estou com DEZ kilos a menos que em julho. Não é todo mundo que repara e comenta, acho que isso significa que preciso perder mais uns dez ahahah

Mas a minha meta atual é chegar nos 69kg em meados de dezembro. Acho que dá, o que vocês acham?

Eu estava indo regularmente na academia, dei uma parada nas últimas duas semanas porque estou fazendo uns cursos a noite e ando MUITO cansada. Mas vou voltar logo logo, percebi que perdia bem mais rápido com exercícios (lógico, né?).

Então, é isso aí. Quando eu chegar no peso que eu quero E me sentir bem com isso, afinal, ainda estou no sobrepeso (eu estava no grau obesidade afff) vou continuar com essa alimentação. Eu não deixo de comer doces, quando estou com vontade como o que quero. Só não preciso devorar uma barra de chocolate + meio quilo de carolinas + outras cositas más. Espero SINCERAMENTE não precisar começar uma nova dieta ano que vem rsrsrs

Agora me dá licença que vou ali na costureira apertar umas roupas que estão largas 😉

[/spoiler]

DEIXE UM COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

12 pensamentos em “Quando eu decidi emagrecer + agora é pra sempre”