diário

420 posts

Primeiras semanas

O assunto não  poderia ser outro: nossa Clarice. Ela chegou dia 20/04 às 19:33. Quando eu ouvi seu chorinho, desesperadamente chorei. A ficha caiu, em mim nasceu a mãe que eu ainda não tinha certeza que existia.

Os primeiros dias em casa foram tensos. O leite demorou uns dias pra descer, eu fiquei exausta com o combo mamá + troca fralda, depois meu peito não tinha bico pra amamentar, tive que usar o de silicone. Graças a Deus minha pequena é muito esperta. Nasceu sabendo mamar em qualquer bico e logo aprendeu a mamar no meu peito. O lance de esterilizar toda hora também estava me deixando meio doida. Em uma semana não precisou mais de complemento e mama só no peito da mamãe.

Minha mãe ficou aqui comigo uma semana. Foi ótimo, ela cuidou de mim, me lembrava de tomar os remédios, ajudava com a casa. Graças a Deus tenho minha mãe por perto. E o Bruno tem sido um pai maravilhoso. Foi ele quem deu o primeiro (e o segundo) banho em casa. Me ajudou (e ajuda) em tudo. Com as coisas da Clarice, da casa, com a Glória e a Vera.

Por falar nas meninas, os primeiros dias elas ficaram com muito ciúmes. A Vera ficou três dias sem comer. Elas sentiram porque a atenção não é só mais delas. Mas agora já estão acostumando. Elas nem ligam pra Clarice rs tem mais ciúmes do Bruno que da própria neném.

Voltando a falar da Clarice, ela é uma santinha. Uma anjinha. Quase não chora, só quando quer mamar. No começo chorava no banho, agora já curte. Faz até carinha de quem está adorando rs

IMG_2007.JPG

Todo mundo diz que ela é a cara do pai (e parece muito mesmo rs). Eu tinha tantas inseguranças, medos. Ainda tenho muitasos, mas tenho conseguido cuidar da minha bonequinha de uma forma que nem eu imaginava. ❤️

Nossas vidas mudaram muito. Completamente. E eu estou cada dia mais aprendendo a amar tudo isso.

Ela chegou!

clariceEla chegou e transformou nossas vidas. Estamos nos adaptando, nós a ela, ela a nós. Graças a Deus o parto foi tudo ótimo, ela é linda e saudável. Dizem as más línguas que é a cara do pai (eu já estou me conformando com isso). Nasceu cabeludinha. Linda. Encantadora. Estamos apaixonados.

Quando eu tiver mais tempo passo por aqui para contar do nascimento e dos primeiros dias de Clarice em nossas vidas.

Template por Ana Paula.

Carta para Clarice

Minha pequena Clarice,

DSC_1824

Hoje, dia 20/04, é o dia mais esperado desse ano, e talvez de todos os anos da minha vida. Confesso que nesses últimos nove meses muitos dias foram esperados. O dia de ouvir seu coraçãozinho pela primeira vez, o dia da temida ultrassom TN, o dia que iríamos descobrir se era a nossa menininha. Os diversos exames para saber se estava tudo bem com você. E quantos exames. E você, minha bolotinha, sempre tirando nota 10. Se eu pudesse descrever a nossa gravidez em apenas uma palavra, tranquila seria a escolhida. Acho que você pensou que o susto da gravidez já foi o suficiente, né? rs

Sim, nós não a esperávamos. Não para agora, apesar de sabermos de sua existência desde sempre. Um dia, você vai saber como foi a sua preparação para vir para esse mundo e vai descobrir como é determinada rs Decidiu vir, e veio. E transformou as nossas vidas de uma maneira que você não tem nem ideia.

É, minha pequena, você não tem ideia de como sua chegada é esperada. Seus avós e tios a esperam ansiosamente. Eu poderia dizer até que desesperadamente rs. A notícia da sua vinda foi a melhor de todas para as nossa famílias. Você veio na hora certa. Se em algum momento eu questionei isso, minha filha, foi só para descobrir essa certeza logo em seguida.

DSC_2204

Filha, você está chegando em um momento maravilhoso de nossas vidas. Tudo foi preparado para sua chegada. Cada detalhe do seu quartinho, das suas roupinhas, tudo escolhido para você. A mamãe demorou para começar a escolher as suas coisinhas. Primeiro, precisávamos ter a certeza que era você. Depois, precisávamos compreender a sua vinda e isso aconteceu aos poucos (pelo menos pra mamãe. Pro papai, foi tudo uma festa rs). Não entenda mal, minha pequena, os medos, a ansiedade, a insegurança faz parte do processo do nascimento de uma mãe. Sim, porque você vai nascer e por você eu vou renascer. Aos poucos eu fui entendendo isso. Aos poucos a barriga foi crescendo, eu fui sentindo você dentro de mim e você deu até um sorriso para nós na ultrassom. Foi assim que eu fui entendendo o significado da sua vinda. E me entreguei de corpo e alma a nós.

Minha goida (é assim que eu chamo suas irmãs – sim, você tem duas irmãs –  e pelas bochechas suas na ultrassom, esse será um dos seus apelidos também rs), não sei como será agora. Até hoje, você estava aqui dentro de mim. Quentinha, protegida, bem cuidada. E agora, o mundo está pronto para recebê-la e a mamãe não sabe como será. O medo e a insegurança continuam aqui, eu confesso. A mamãe e o papai estão doidos para conhecer o seu rostinho. Será que terá cabelinhos? Serão loiros ou pretinhos? Será que vai parecer a mamãe ou o papai? Será que vai dar tudo certo no nascimento? São tantas as dúvidas, minha pequena. Mas maior que tudo isso é o amor que você vai ter ao seu redor, por tanta gente que lhe quer bem.

DSC_2212-001

Nós estamos prontos para você, minha passarinha. Está na hora de voar, em direção as nossas vidas, e cumprir o seu papel aqui. Eu tenho certeza que você foi escolhida para transformar as nossas vidas de uma forma que nós nem imaginamos.

Você é um sonho que nós nem sabíamos que sonhávamos. E agora é a nossa realidade. Toda a nossa realidade. Seja bem vinda.

Com todo o amor do mundo.

Mamãe.

É amanhã!

DSC_2248

Amanhã, 20/04/2015, vem ao mundo nossa pequena Clarice. A gravidez foi ótima, tranquila. Essas duas últimas semanas foram mais complicadas. A barriga grande, pesada, a falta de jeito para dormir. A ansiedade para sua chegada. Será que está tudo pronto? Vai dar tudo certo? O parto, primeiros dias, vou ter leite, vou sentir dor,  são tantos os questionamentos. Só peço a Deus que nos dê sabedoria para cuidarmos da melhor forma da nossa menina, que mê dê serenidade para hora do parto (meu maior medo) e nos dê muita saúde para sermos a partir de agora uma família de cinco.

foto_face

 #vemclarice

Chegando aos 30: 20 fatos incríveis dos 20’s, parte 2

Para entender o post ou ver a parte 1 dos 20 fatos incríveis dos 20, clique aqui. Continuando com a parte 2:

30

11. AS PROMOÇÕES NA CARREIRA

Passar no concurso do Banco foi um divisor de águas nas nossas vidas. Primeiro o Bruno entrou, em 2006. Depois, eu entrei em 2008. A partir daí as coisas começaram a encaminhar nas nossas vidas. Fomos promovidos diversas vezes dentro do banco e ainda tivemos a sorte de ficar na cidade que queríamos. Assistente, Gerente, Analista, Assessor. Passamos por várias funções, sempre procurando dar o máximo de nosso potencial, buscando sempre novas oportunidades. Essas conquistas comemoramos cada uma com gostinho de estamos no caminho certo.

02

12. NOSSO CARRO ZERINHO

Escolhi esse item para entrar nos grandes momentos porque foi sim um momento inesquecível para gente. Tínhamos um ká lindo também, que atendia todas as nossas necessidades, mas quando o Bruno realizou seu desejo de comprar um fiesta zerinho foi a realização de um sonho. O modelo, do jeitinho que ele queria. Cor, acessórios, tudo aquilo que ele sempre quis. E foi só o primeiro, depois de um tempo pegamos nosso new fiesta ainda mais completo, mais lindo, com mais coisas que ele queria. São conquistas materiais, realizadas com muito esforço, que nos deixaram e deixam muito felizes.

DSC_9098 copy

13. APADRINHARMOS O DANIEL

Ganhei um dos melhores presentes do mundo no dia 05/12/2011. Fomos, eu e Bruno, convidados para ser padrinhos do Daniel, irmãozinho da Bianca. Fiquei tão emocionada que até chorei. Mal sabia eu o quanto eu seria feliz por ser madrinha desse loiro mais lindo. Foi o primeiro bebê que o Bruno pegou no colo e começou a brincar. Tudo bem que ele brinca “daquele jeito” rs mas se aproximou de uma forma que eu jamais esperaria. Espero que possamos estar presentes na vida dele todinha.

DSC_2050

14. A CHEGADA DA VERA

Eu sempre convivi com cachorros na casa dos meus pais. Sempre. Quando nos mudamos para o apartamento minha maior tristeza foi deixar o Pico na minha mãe (ele não se adaptou ao apartamento). E depois de dois anos, decidimos pegar uma cachorrinha. Aliás, eu decidi e o Bruno aceitou depois que a Vera já estava em casa. Foi inesperado, estava passando por um rua e vi a plaquinha: filhotes de pugs. Eu sempre quis um pug e parei para olhar. Quando eu vi essa bolotinha linda me apaixonei na hora. Liguei pro Bruno e avisei: tô levando uma cachorra pra casa rsrs E a partir daí somos muito mais felizes com a Vera em nossas vidas.

DSC_4722

15. A CHEGADA DA GLÓRIA

Depois de cinco meses da chegada da Vera em nossas vidas, decidimos partir para o segundo filho rsrs Aliás, segunda filha rs A Vera ficava muito sozinha o dia todo, pois trabalhamos né! Busquei na Internet e achei um canil em Araçoiaba da Serra. Lá fomos nós buscar uma bolotinha preta. Que delícia. Nenezinha nova em casa. Sem vergonha, já chegou dominando o terreno e colocando a Vera no lugar dela rs É tão lindo ver como elas se dão bem, nunca brigaram, são carinhosas, amorosas. É lindo ver como elas gostam da gente, um amor puro, verdadeiro. Não saem dos nossos pés rs Seguem o Bruno pela casa toda. Nossas filhinhas de quatro patas.

CAS - FERNANDA E BRUNO - REDUZIDAS (123)

16. NOSSO CASAMENTO

Toda vez que eu penso no nosso casamento, eu me emociono. Primeiro porque depois de 10 anos selamos oficialmente nossa união. Segundo, porque foi tudo do jeitinho que eu sempre sonhei. Bruno me apoiou e me ajudou a realizar o casamento dos nossos sonhos. Foi pequeno, apenas para a família, mas foi lindo, especial, encantador. Um dos dias mais felizes de nossas vidas. Eu nunca vou esquecer aquela noite.

DSC_1409

17. LANÇAMENTO DO LIVRO DO BRUNO – SONETOS EM BRANCO E PRETO

Que orgulho! Que emoção. Ver o livro pronto. Um livro com 100 poesias que Bruno escreveu durante 10 anos. Lindas, bem escritas. Um sonho realizado. Não poderia ter sido mais especial. O livro foi lançado em uma livraria em Bauru e eu espero que seja o primeiro de muitos outros que virão.

FERNANDA_6

18. A DESCOBERTA DA GRAVIDEZ

Sabe aquela frase “quando você menos espera vem o mundo e te vira do avesso. E você se descobre do lado certo”. Alguma coisa assim rs Foi isso que aconteceu. Poucos meses antes de completar 30 anos me descubro grávida. Sim, grávida. Uma mistura de sentimentos me invadiu. Insegurança, surpresa, felicidade, claro, mas com um misto de medo e o que faço agora? Quando eu menos esperava veio a vida e mudou alguns dos meus planos, e só agora eu percebo como tinha que ser, que as coisas eram pra ser assim.

493-001

19. A DESCOBERTA QUE ERA “A” CLARICE

Depois de descobrir a gravidez, acho que a ficha só foi cair mesmo quando fomos fazer a ultra de 3 meses. Logo depois, fizemos uma ultrassom para tentar descobrir o sexo do bebezinho. Bruno tinha CERTEZA que era a Clarice que estava vindo. Aliás, ele sabia que teria uma Clarice desde sempre. Sempre que conversávamos sobre filhos ele falava da Clarice. Enfim, eu achava que era menina mas não tinha certeza se era meu sentimento mesmo, ou influência do Bruno rs Quando o médico olhou na tela, circulou uma bolinha e disse “essa é a periquitinha” eu não sabia se ria ou se chorava. Eu ri, Aliás, eu gargalhei. Fiquei rindo como boba dentro do consultório. Bruno gritou na hora “eu já sabia”. Sabia mesmo. Era a nossa Clarice que estava vindo.

20. VIVER UMA VIDA CHEIA DE AVENTURAS, ALEGRIAS E CONQUISTAS

Se tem uma coisa que me faz feliz, MUITO feliz, são as recordações presentes na minha memória (e nos meus álbuns de fotos rs). Registrar isso em forma de fotografia, álbuns, me faz relembrar com uma riqueza de detalhes ainda maior e me orgulho de estar construindo para mim e para minha família uma vida cheia de lembranças deliciosas. Trabalhamos sim, muito, para conquistar tudo que conquistamos. Não foi fácil e não é fácil. Abrir mão de muitas coisas para ter outras. Ninguém sabe as escolhas que fazemos diariamente para que possamos colher o melhor no amanhã. Mas sei, sinto que estamos no caminho certo. E espero nos próximos dez anos colecionar mais momentos inesquecíveis, agora com a família um pouco maior. 

Friday´s 10 happy things

O dia mais esperado da semana chegou e eu voltei com o friday´s 10 happy things. Na verdade essa semana foi bem tranquila pra mim, pois estou em casa de “molho” antes da Clarice nascer (hoje faltam 10 dias). Saí apenas para alguns exames e consulta de final de gravidez. Tá muito pertinho pra nossa Clarice chegar. As pequenas (ou imensas) felicidades da minha semana).

IMG_1479

♥ Acompanhar a barriga na gravidez

A pancinha (e o rosto, e o nariz rs) cresceu, junto com a minha gordinha. Ver essas fotos me dá um misto de felicidade, empolgação, medo, ansiedade rs Enquanto ela está aí dentro ela está protegida, né? E quando sair? rs

IMG_1448

♥ Ver o rostinho da minha boneca pela última vez dentro de mim

Fizemos essa semana a última ultra antes da Clarice nascer. E conseguimos ver seu rostinho lindo. Ela já está com 46cm e 2,800kg (faltando duas semanas para nascer). Da próxima vez, a veremos nos nossos braços.

♥ O nascimento do Bernardo, priminho da Clarice

Bruno tem um primo com a mesma idade dele. Nasceram no mesmo mês do mesmo ano. E essa semana nasceu o Bernardo, filho desse primo, e a Clarice vem daqui dez dias. Vão nascer pertinho igual os pais. <3 Ele é tão lindo, nasceu com 3,750kg e 50cm. Um molecão.

IMG_1441

♥ Esse lanchinho da tarde

Torradinha (simples, dessas de pacotinho), requeijão e geléia de amora. Pensa numa delícia.

♥ Minha negriti gorda querendo entrar na TV

Estou em casa, assistindo jornal, e começa uma reportagem sobre um senhor que cuida de 400 cachorros. Bastou pra Glória querer entrar na TV kkkk o vídeo coloquei no meu instagram aqui.

IMG_1493

♥ Essa salada de frutas

Clarice teve uma vontade de salada de frutas essa semana. Essa bola de sorvete ai em cima foi uma intrusa, mas ficou bom! rs

♥ Sentir uma BIG mexida da Clarice

Estava no carro esperando o Bruno quando a Clarice começou a dançar na minha barriga rs Acho que ela se empolgou com a trilha sonora (The Killers). Consegui gravar um pedacinho, pouquinho mas já ficou registrado <3

IMG_1516

♥ Últimos detalhes do quartinho

Bruno prendeu os nichos que a minha mãe pintou. Só faltava isso para o quartinho da Clarice ficar pronto. Ficou tão lindo. <3

Iphone

♥ A saída de maternidade da Clarice

As felicidades estão concentrada em um tema só praticamente, né? rs Mas tem como não se apaixonar pela roupinha que a minha bolotinha vai sair da maternidade?

IMG_1530

♥ O casamento dos meus melhores amigos

Ai que emoção ver esses dois assinando o papel de casados. E ser testemunha disso. Tudo bem que eles já moravam juntos há tempos ahahaah mas a louca do choro aqui não conseguiu se controlar. Foi lindo e delicioso.

Chegando aos 30: 20 fatos incríveis dos 20’s, parte 1

Eu pensei em relacionar os 20 acontecimentos da minha década aos vinte e poucos anos antes de completar 30 anos (me inspirei na ideia da Lynette). Fiquei um tempo sem blogar, cheguei aos 30, e essa ideia continuou na minha cabeça. Quando comecei a listar os momentos, achei que não chegaria a 20 grandes coisas. Ledo engano. Com certeza eu poderia incluir outros momentos aqui, olhando as fotos desses últimos 10 anos. Mas esses foram os mais marcantes. Aqueles que me transformaram de alguma maneira.

Há dez anos eu já havia começado a namorar o Bruno e já tinha passado no concurso da escola. Já tinha ido morar em SP por 8 meses por conta do concurso público e voltado para Bauru quando havia acabado de completar meus 20 aninhos. Separei o post em duas partes para não ficar muito grande (e ficaram rs). Lá vai, os 20 fatos incríveis dos 20´s, de dezembro/2004 a dez/2014, parte 1.

Captura de tela inteira 05042015 191219.bmp

1. BLOGAR

Eu me lembro de ter feito o primeiro blog no blogger, lá pelos anos 2000. Em um surto, apaguei os posts e consegui recuperar algumas coisas,  mas o primeiro post desse blog data de 2003 (não se preocupem em ler o que eu escrevi ahahah dá vergonha). De lá pra cá houve idas e vindas, quase desisti de escrever várias vezes mas nunca tive coragem. Sempre falei sobre assuntos pessoais (família, cachorros, scrapbooking, fotos, internet). Acho que nunca mudei o foco e é exatamente por isso que eu gosto tanto do meu cantinho. Vivo relendo os posts e AMO saber que tenho tanta coisa registrada aqui. Numa época que a gente não compartilhava muita coisa em instagram, facebook, twitter, meus posts garantem lindas lembranças. É por isso que eu faço questão de continuar, mesmo que algumas pausas tenham sido um pouco longas.

Festa Junina 2007 167

2. TRABALHAR NO JARAGUAZINHO

Em dezembro de 2004 consegui voltar para Bauru, transferida do concurso público que eu tinha passado (fiquei oito meses morando em SP). Nem acreditei quando consegui voltar pra casa. Fui apreensiva conhecer a nova escola onde eu iria trabalhar, ela ficava (ainda fica) em um bairro da periferia de Bauru. Mal sabia eu que viveria quatro anos incríveis ali. Primeiro, me apaixonei pelas crianças. Como eu me diverti. Segundo, fiz grandes amigos. Eu vivia rindo, ia trabalhar super feliz e empolgada. Quando eu fiz esse post, eu lembro que senti cada palavra escrita ali. Não estava pronta pra sair do Jaraguazinho, eu era muito feliz. Claro, não poderia trabalhar o resto da vida lá. O salário era pouco, não tinha perspectiva de crescimento. Mas hoje eu sei o quanto trabalhar naquela escola definiram muito do que sou hoje. Aprendi tantas coisas lá, com minha diretora querida sempre me apoiando, com as diferenças sociais que gritavam aos meus ouvidos e olhos. Com a inocência das crianças, com a rivalidade dos funcionários. Foi literalmente uma grande escola pra minha vida.

DSCF0267

3. A CHEGADA DO PICO

Eu já tinha quatro cachorrinhos em casa, mas quando me ofereceram uma bolinha preta, eu não resisti. Foi uma mãe de aluno da escola onde eu trabalhava que me deu. Aliás, deu não, vendeu por cinquenta reais ahhaha pra pagar a vacina que ele já tinha tomado. O Nicolas, que nós chamamos de Pico até hoje, transformou a vida lá em casa. Minha mãe no começo não queria (imagina CINCO cachorros, hoje eu a entendo rs), mas logo se apaixonou. Não tinha como não se apaixonar. Hoje, só ele está na casa da minha mãe. Os outros quatro morreram e ele é o xodó da casa. Vai fazer nove aninhos esse ano. Com certeza a vida foi e é mais leve com o Pico.

4. CONHECER O SCRAPBOOKING DIGITAL

 Acho que foi em 2007, em uma fase da vida que eu tinha bastante tempo pra ficar no computador, que conheci o scrapbooking digital. Não me lembro como isso aconteceu, só sei que em pouco tempo estava participando de galerias, fóruns, grupos na internet para aprender mais sobre essa arte até então desconhecida por mim. Confesso que tive dificuldades, a maioria das meninas faziam scrap artesanal também, eu nunca tive essa habilidade. Só sei que foi a partir do scrapbooking digital na minha vida que comecei a registrar os momentos e a gostar disso. As primeiras páginas que fiz são tão horríveis rsrs nunca fui muito fã do meu trabalho e sempre invejei algumas meninas que faziam páginas lindas. Mas hoje, olhando os álbuns com as páginas reveladas, sinto um orgulho que não cabe em mim. E quando eu leio o journaling das páginas então, até me emociono. E foi a partir daí que comecei a me interessar por fotografia, fazer os álbuns de fotos anuais, das viagens, enfim, o scrap me ensinou que registrar os momentos da nossa vida valem muito a pena. Não sei o que seria de mim sem meus álbuns e acho que não relembraria metade do que tenho registrado. Hoje não faço mais scraps, me limito a fazer álbuns de fotos e alguns projetos diferentes, como o Project Life ou Project 365. Mas foi através dele que tudo começou, e confesso, sinto saudades daquela época.

logo2

5. PASSAR NO CONCURSO DO BANCO

Entrar no banco foi um divisor de águas na minha vida. De verdade. Eu amava meu emprego antigo, mas agora um mar de oportunidades estaria prestes a surgir na minha vida. Prestei o concurso para o Banco Nossa Caixa, mas logo em seguida o BB incorporou o BNC. E a partir daí, tudo se transformou. Oportunidades (pra mim e para o Bruno), promoções, muita gente querida, muita gente importante, amizades, desafios, enfim, tudo de bom. Hoje eu posso dizer que tudo que tenho é graças ao Banco (e ao meu trabalho, claro). Trabalho com o coração, visto a camisa e tenho muito orgulho de pertencer. E olha que só faz cinco anos que trabalho lá hein. Muita coisa ainda me espera.

DSCF3590

6. FORMATURAS: GRADUAÇÃO, PÓS 

Teve uma época na minha vida que eu duvidei se faria uma faculdade. Foi uma época tensa mesmo. Meus pais estavam separando, meu pai desempregado, eu trabalhando em um emprego que mal dava para pagar as próprias contas. Não conseguia nem prestar vestibular, e foi bem na época da minha formatura do colegial. Fiquei muito frustrada com isso, tanto que só fui começar a faculdade em 2006, cinco anos após me formar. Fiz minha faculdade toda com bolsa. Me formei com muito orgulho e não acreditava que estava realizando um sonho. Me lembro de quando, um ano antes de entrar no curso que queria, a faculdade me ligou dizendo que não havia formado turmas para minha bolsa e ficaria pro ano seguinte. Eu chorei tanto. Não me conformava em trabalhar e não estudar. Hoje estou aqui, formada, pós graduada. Bruno também se formou e já terminou duas pós. Eu tenho planos de começar outra assim que voltar a trabalhar, depois da licença maternidade da Clarice. Isso prova como quando queremos alguma coisa, basta corrermos atrás. Vale a pena.

DSC_7786 copy

7. COMPRAR NOSSO PRIMEIRO APARTAMENTO

No início de 2010 começamos as buscas por um apartamento. Depois de seis anos juntos começamos a planejar um futuro. Em março encontramos o apartamento ideal, do jeitinho que a gente queria. Compramos e fizemos algumas mudanças nele, e eu me lembro da primeira coisa do nosso apartamento: nossa primeira árvore de natal. Da compra até a mudança muitas coisas rolaram: a reforma do apartamento, a compra dos móveis, a decoração, tudo com a nossa cara. Foi um momento de conquista tão feliz.

DSC_7843 copy 2(vista da janela da sala do nosso apartamento)

8. JUNTAR AS ESCOVAS DE DENTES

Nós compramos o apartamento em março de 2010, mas só em dezembro, mais precisamente no dia do meu aniversário, que nos mudamos. Aliás, fomos mudando né. Levando as coisas aos poucos. Demorou um pouco pra cair a ficha que eu não estava mais morando na casa da minha mãe rs Mas se eu pudesse relacionar as decisões mais certas que fiz na minha vida, com certeza ir morar com o Bruno foi uma delas.

21

9. VIAGENS, VIAGENS E MAIS VIAGENS

A temporada de viagens demorou pra começar em nossas vidas. Ficamos uns bons anos passando férias em casa mesmo rs Mas quando começou, não parou mais. Primeiro, praias por aqui mesmo. Boraceia, Florianópolis. Então, Europa e vários países. Depois, Estados Unidos, Disney. Aí,  Portugal. E NY. E Miami. Cada ano conseguimos conhecer um lugar diferente. Cada sonho realizado junto. Eu me lembro de cada detalhe das nossas viagens incríveis. Agora vai dar uma pausa, mas em breve voltaremos com a nossa goiduchinha junto. <3

DSC_1995

10. O NOIVADO EM PARIS

Viajamos para Europa, nossa primeira big trip juntos. Direto pra Paris. Eu nem acreditava que estava ali. O roteiro era os primeiros cinco dias na cidade luz. Conhecemos Louvre, a Torre, Champs Elisee, Arco do Triunfo, Rio Senna, enfim, todos os principais pontos turísticos. Um dos dias estava reservado para irmos a Versailles. O Bruno e meus primos armaram tudo, mudaram o dia pra cair justamente no nosso dia, 23 de abril. E contei com mais detalhes aqui. Só sei que no meio do lago, fui pedida em casamento. Eu não desconfiava de nada. Foi tão lindo, emocionante. Depois ainda fizemos um picnic nos jardins. Foi perfeito.

Em breve, volto com a parte 2 dos 20 fatos incríveis dos 20’s.

E o 29 coisas?

30th-Birthday-CupcakeQuem lembra aí do projeto 29 coisas pra fazer antes dos 30, que eu me desafiei quando completei 29 anos? rs O projeto estava indo muito bem até que eu descobri a gravidez e, digamos, as prioridades mudaram.

Se eu pudesse substituiria os itens né, mas sendo sincera, os itens que não consegui cumprir foram porque realmente o foco mudou. Nós íamos para Buenos Aires, aí cancelamos porque a viagem teve que ser redirecionada para compras do enxoval da Clarice rs Eu ia continuar a academia mas, óbvio, tive que parar com os meus treinos (do jeito que estavam antes, claro. Corridinha, vejo você quando a Clarice estiver sentando rs). Não doei sangue e nem fiz tatuagem. Enfim, tudo mudou.

Mas eu poderia citar tantas outras coisas que fizemos por conta da espera (e em breve, chegada da Clarice). Fizemos uma viagem para Miami (que delícia que foi, vou contar mais depois, o foco claro foi comprinhas pra boneca). Mudamos de apartamento (ainda não é o nosso), vendemos o apê querido no Camélias. Isso sem contar as mudanças internas que passamos (é assunto pra outro post também).

Enfim, fiz 30 anos de um maneira que jamais esperava, e mal posso esperar pelos próximos anos agora. Em breve publicarei os dois posts que estou preparando com os melhores momentos da vida antes dos 30.

Top 10 – setembro de 2014

Iphone parte 21

Setembro foi um mês divisor de águas, embora eu só consiga perceber isso agora (fazendo esse post quase sete meses depois). Depois de descobrir a gravidez em agosto eu fiquei em choque (não me entendam mal, foi um choque bom, mas foi um choque). Eu já sabia que estava grávida, mas não sabia o que isso ia significar dali pra frente. Vou tentar fazer um post sobre isso qualquer dias desses. Enfim, faltou foto nos meses mas não faltou momentos felizes. 1. Teve aniversário de amigo querido do banco. 2. Teve passeio na rua com as gachos. 3. Teve lançamento do livro do Bruno <3 4. Teve vários dias de preguiça com as gachos. 5. Teve chocolate favorito de presente da mami. 6. Teve muitos momentos com o Pico, meu pudico lindo.

Iphone parte 22

7. Teve uma selfie e muita, mas muita reflexão 8. Teve Vera com cara de pedinte e as primeiras barbinhas brancas (minha filha número 1 tá ficando velha?). 9. Teve esmalte novo e finalmente uma marca que dura a semana inteira na minha mão.

 FERNANDA_9

10. E teve a primeira ultrassom, as primeiras batidas do coração.

P.S. Fiquei um bom tempo sem postar, mas agora quero voltar aos poucos para registrar nossa vida com a Clarice. Enquanto não providencio os posts da gravidez, vou fazendo alguns que estavam na minha cabeça desde setembro do ano passado.

Chá bebê

Com quase oito meses de gestação fizemos o chá  de bebê da Clarice. Na verdade os chás. Um no meu trabalho, com a presença das minhas amigas de banco e outro no meu prédio, com a minha família.

O chá no banco as meninas que ajudaram a preparar tudo. Decoração, comidinhas, tudo. Eu só levei o bolo (pedi um naked cake de bem casado que estava divino – só de lembrar me da água na boca) e as lembrancinhas – um biscoito em forma de borboletinha.

DSC_1876

DSC_1883

DSC_1916

No chá de casa minha mãe e minha irmã me ajudaram com toda decoração. Ficou a coisa mais linda do mundo. Do jeitinho que eu queria. Mandei fazer o bolo igual do casamento, mas com degradê em rosa. Cupcakes de passarinho pra minha passarinha. Macarons, docinhos e pães de metrô eram as comidinhas. A lembrancinha foi um sabonete cheiroso em formato de passarinha. Um sonho.

IMG_4999-0.jpg
IMG_5005.JPG

IMG_5004.JPG

IMG_5001.JPG

IMG_5003.JPG

Chamei só as mulheres da familia, porque os homens não curtem muito, né? O Bruno apareceu um pouquinho e aproveitei pra tirar uma foto rs Estava tudo uma delícia. Ganhei muitas fraldas e passamos momentos muito divertidos a espera da nossa boneca.