familia

43 posts

Seja bem vindo abril

O mês de abril sempre me reservou surpresas boas. Desde que me entendo por gente, é no mês de abril que tiro férias. Foi em um mês de abril que conheci o Bruno, que ficamos noivos (em Paris), que nos casamos. Que comecei a trabalhar na Super. Foi em abril que fizemos as maiores e mais incríveis viagens de nossas vidas.

Em abril tem décimo terceiro salário. Em abril tem páscoa, chocolate, feriados.

Acho que os meses de abril dos anos passados estavam só nos preparando para o que iríamos viver nesse ano. Seja bem vindo abril de dois mil e quinze, te recebo de peito aberto para maior e mais incrível aventura de minha vida: vem Clarice.

Captura de tela inteira 15032015 105100.bmp

Copa do mundo

Já estamos torcendo para o Brasil. E vocês?

DSC_0960 copy

DSC_0989 copy

Eu gosto da COPA, gosto de torcer mas não sou fanática não. Pra vocês terem uma ideia, no primeiro dia do jogo do Brasil tive que acordar as cinco da manhã. Resultado: cochilei no sofá na hora do jogo ahahahah Mas eu adoro esse clima de COPA no ar, apesar de tudo que anda acontecendo no nosso país. Copa pra quem é de copa, boicote pra quem é de boicote e respeito para e por todos. É isso que eu acredito.

29 coisas: comemorar um ano da Glória

gachinho

E um dos itens mais queridos da minha lista de 29 coisas para fazer antes dos 30 foi um dos mais legais de cumprir. Nossa neguiti completou um aninho! Quando decidimos trazer uma companheirinha para a Vera não sabíamos o que ia acontecer, e no final das contas, foi a melhor decisão de todas. A família ficou completa e muito mais feliz. E claro seu primeiro aninho foi comemorado em grande estilo, como foi o primeiro aninho da Vera.

Feliz aniversário neguinha dos nossos corações. Que São Francisco sempre lhe proteja e lhe conceda muita saúde para viver feliz por muitos aninhos ao nosso lado. Amamos você!

1 aninho

Hoje a goida da casa faz um aninho. Eu sempre quis uma puguinha. Bem desse jeito. Com essa carinha. E quando ela chegou, eu tive certeza que era exatamente isso que eu queria. E me surpreendi mais ainda, porque a Vera é uma cachorra fofa, carinhosa, companheira, alegre. Tudo de bom.

Feliz aniversário minha filhinha. Que você tenha muita saúde e continue com sua energia linda ao nosso lado por muitos anos mais, ao lado da sua irmãzinha. Papi e mami te amam!

DSC_7192

 

DSC_7193

Familia + feliz aniversário Thi

DSC_5878

 Na foto: Mami, Belinha (amarelinha), Má, Eu, Pico e Thi

Ontem foi aniversário do meu irmão. 32 anos. Já. Parece que esses dias que a gente morava junto, brigava o tempo todo, e agora ele tá fazendo 32 anos e ano que vem eu que viro balzaca. Enfim, o tempo passa mesmo, né?

Só pra deixar registrado essa foto linda que tiramos ontem. Feliz aniversário, Thi!

Vera & Glória

DSC_5347

Dia 22 de julho a Vera completou nove meses. Toda linda, sete quilos de pura gostosura (e está mantendo esse peso, minha bolotinha). Verinha é uma calmaria. Era tão arteira quando era mais novinha, mas agora anda mais tranquila. Isso não significa que parou de roer a mesa e o sofá, só significa que está mais tranquila rs.

Comprei esse peitoral e guia pra ela da marca Zee.Dog para passear. Adoro essa marca, tem um modelo mais lindo que o outro. Já estou pensando no próximo modelito para minha gordita. Ela simplesmente AMA passear. Tudo bem que cansa rápido, mas mesmo assim adora rs.É o momento preferido do dia. Passear e subir na cama logo cedo. Adora um carinho, um chamego, uma massagem. É simplesmente apaixonada pelo Bruno. Onde ele vai, ela vai atrás. Tão carinhosa, boazinha, NUNCA rosnou para nada nem ninguém.

É super inteligente. Pede pra sair na hora certinha do passeio. Aprendeu a fazer xixi no lugar certinho e ainda pede a recompensa toda vez rs. Ronca para dormir que nem gente grande. Gosta de brincar com a Glória, mas não por muito tempo. Quando a irmã enche muito o saco ela sobe no sofá. A Glorinha, tadinha, não consegue subir e assim ela se livra da chatice.

DSC_5369

A Glorinha é a miss simpatia. TODO mundo que ela encontra vira melhor amigo há anos rs. Começou a passear essa semana e já virou seu momento favorito do dia. Ela vai tão empolgada, corre um monte, até chora de tanta emoção. Também ganhou um peitoral super fashion, alegre igual a ela. ADORA um colo, um beijo, um chamego. Se pudesse, dormiria no colo sempre rs. Ainda não ronca como a irmã, mas pelas suspiradas vai pro mesmo caminho. Já está com quatro meses e pesando quase 4,5kg. Eu tenho a impressão que ela não é tão goida igual a irmã, mas todo mundo fala que ela vai ser grande e fortinha rs. Já está caindo os dentinhos, mas não consegui guardar nenhum até agora. Tem um fogo no rabo que é só dela rs. Corre pelo apartamento, com os brinquedos na boca, rouba chinelos, come a caminha, só para na hora que está dormindo. Ainda é bebezinha, tadinha, tem hora que desmaia e dorme um tempão. É a cachorrinha mais esfomeada que eu conheço. É só falar a frase mágica “quem quer papá” que ela começa a pular, correr, chorar, ir no potinho de ração rs Ai se não der o papa na hora, ela não sossega. Já aprendeu a fazer xixi no lugar certinho, mas as vezes ainda escapa em algum outro lugar. Toda hora quer a recompensa do xixi, até quando é a Vera quem faz rs. É a minha segunda alegria, tanto quanto a primeira, e eu não sei porque eu demorei tanto pra ter minhas companheirinhas em casa. Acho que é porque tinha que ser essas duas mesmo.

Minhas tchucas lindas. A mami ama!

 

Daniel – 1 aninho

E no dia 10/05/2013 nosso afilhadinho Daniel fez um aninho. Como no ano passado, não estávamos em Bauru buáaa! Nunca mais viajo nessa época do ano rs. Mas a mãe dele fez a festinha dia 19/05 para nós podermos participar também. Adorei.

Há um ano nascia um serzinho lindo, todo branquelo, quase sem cabelo. Vimos pela primeira vez pelo skype. Lembro das bochechas enormes (que ainda são grandes), das mãozinhas pequenininhas. E quando vi ao vivo, então? Tão pequeno e tão encantador. Lembro certinho como se fosse hoje. E um ano se passou.

Danico está cada dia mais fofo. Já anda, fala mãma, papa e ‘ógio’, que é relógio. O pai dele é fascinado por relógio e acho que ele vai puxar a nerdice do pai ahahaha

A festinha foi com o tema carros. Uma graça. Ele estava com uma roupinha de carros também super fofa.

DSC_4467

DSC_4499

Danico, desejamos nada menos que tudo de melhor na sua vidinha. Nós estaremos sempre aqui para comemorar com você todos os anos de sua vida e suas conquistas. Te amamos! Sua madrinha Fefi e padrinho Bruno.

Aqui em baixo mais algumas fotos da festinha. A Bibica está com a fantasia de Tinker Bell que tínhamos acabado de dar de presente para ela. Ela amou!

Vera & Gloria

Pra falar da Gloria eu preciso falar antes da Vera. A Vera completou sete meses nesse mês. Cinco meses que ela está com a gente e parece que sempre esteve. Chegou pesando um quilo e meio e agora está uma toicinha: seis quilos. Em constante controle alimentar (igual a mãe rs).

Ela é a alegria da casa. Quando a gente chega faz a MAIOR festa. É super carinhosa, adora dormir na cama com a gente, é muito gostosa (adoro abraçar e beijar ela rs). Mas não se engane com essa carinha fofa. Ela é SUPER elétrica. Adora roer o rack e já destruiu TRÊS caminhas. Ela rasga a caminha e tira toda espuma de dentro. Santinha, não?

DSC_4641

É super puxa saca do Bruno rs. ADORA ele. Dorme Dormia em cima da cabeça do Bruno, no travesseiro. É super pedinte, faz uma cara de dó quando estamos comendo.

Eu sempre quis ter um pug porque acho fofa a raça, sempre soube que eles são carinhosos, cheios de vida e encantadores. Mas não sabia que era tão bom assim.

Ter um pug dá trabalho. Logo que a Vera veio pra casa eu não sabia o que tinha que fazer com as dobrinhas em cima do nariz dela: conclusão, assou e estava com começo de fungo. Tadinha. Agora todos os dias eu limpo as dobrinhas e passo uma pomadinha. Passo lenço umedecido, depois um lencinho seco e a pomadinha. Limpo os olhinhos e a orelinha também. Controlo a ração, porque ela já está gordinha (imagine se eu não controlasse rs). Ela toma banho de 15 em 15 dias. Tem um monte de vacina a mais pra tomar, pois por ser uma raça sem fucinho (braquio sei la o que) uma simples gripe pode ser perigosa demais. Eu já sabia que dava um certo trabalho, mas já me acostumei.

A Vera é um reloginho também. Por volta das seis e meia / sete horas da manhã já desperta. Como ela voltou a dormir na caminha por causa da irmã, quando o apartamento clareia ela já começa a chorar pedindo pra subir na cama. Eu subo um pouquinho, mas logo tenho que levantar porque ela pega fogo. E a gachinho (apelido da Glória) também.  Enfim, a rotina mudou totalmente em casa e eu adorei.

Agora com a Glória está ainda melhor. A Vera deu uma acalmada no sentido de querer atenção o tempo todo (agora as duas brincam juntas, umas fofas). Mas ainda continua arteira, e sinto que está levando a irmã para o mesmo caminho hehehe.

Eu adoro as minhas duas filhinhas e nossa casa está ainda mais feliz. Depois faço outro post para falar da chegada da Glória, adaptação dela com a Vera. Uma coisa eu digo: ela já está fazendo xixi no tapetinho. Linda!

Quase 5 meses de Verinha!

Pra quem não sabe em dezembro a Verinha entrou pra família.

Fazia tempo que eu queria um cachorrinho para nosso apê. SEMPRE tive cachorros na casa dos meus pais e posso afirmar com certeza que eles são a nossa melhor compania. Não vou entrar muito em detalhes, quem tem um animalzinho de estimação sabe o quanto eles fazem diferença nas nossas vidas.

Eu já tenho um cachorrinho, o Pico, um poodle que fica na casa da minha mãe. Quando o Bruno e eu mudamos para o apê a gente pensou em trazê-lo, mas não deu certo. Ele está acostumado com casa, quintal, com a  Belinha (outra cachorrinha). Mas sempre estou na minha mãe com ele.

Enfim, dia 18/12 a Verinha chegou em casa. Filha de Hector e Charmy (ahahah adorei o nome dos pais dela), Vera Champion Star é um belo exemplar de pug (insira uma risada aqui, essa frase é uma piada interna). Eu sempre quis ter um cachorrinho da raça pug. A carinha enrugada, o corpinho roliço, o sorriso constante deles me fez apaixonar há muito tempo. Todo mundo que me conhece sabe disso.

Sem planejar nada encontrei a filhotinha que eu tanto queria e levei pra casa.

Foi amor a primeira vista. Nossa casa nunca mais foi a mesma.

Vera

A Vera é uma cachorrinha extremamente carinhosa. Mas ela demonstra seu amor mordendo tudo ahahahah Ela é mordedeira. Mas são aquelas mordidas de brincadeira, sabe? O meu raque sabe certinho. E o sofá, o armário do banheiro, a caminha dela, todos esses itens conhecem as mordidas de amor da Vera.

Ela é super inteligente. Na primeira semana aprendeu a fazer xixi no tapetinho. O cocô não aprendeu ainda, mas com o tempo estamos ensinando. Praticamente dobrou de peso e de tamanho desde que chegou em casa há quase três meses. Fui orientada pela veterinária dela a “acompanhar” a alimentação ahahah tadinha, vai viver controlando o peso igual a mãe.

Por falar em mãe, a Vera tem o meu sangue rs. Se ela falasse, seria igualzinha a mim. Ela entra no meio de todas as conversas. Como se falasse demais. Quer participar de todas as rodas, puxa papo com qualquer um na rua. Tem uma energia que dá gosto. AMA passear, aprendeu rapidinho e quando pegamos a coleira a bichinha pega fogo.

Ela tem sono de bebê e todos os dias, seis e meia da manhã, quando clareia, ela chora no pé da cama. As vezes consigo enrolá-la, mas no máximo as sete da manhã já preciso levantar da cama antes que ela acorde todos os vizinhos rs

Ela é companheira, brincalhona e ama o Bruno. Ama mesmo. É um amor impressionante. Se ela “esquece” que ele tá em casa e depois cruza com ele no corredor, faz uma festa como se ele tivesse acabado de chegar. Vai com ele a hora que ele chamar. E ele ama a gachorrinha também. Como não amar essa carinha?

Demoramos para ter um cãozinho e fizemos a escolha certa. Ela é nossa filhinha, nossa companheira. Dá até mais vontade de ficar em casa agora. Era o complemento que faltava para o nosso lar!