101 em 1001 – Item 22. Adotar uma cartinha dos correios

dsc001171Eu e Bruno adotamos uma cartinha cada um. Duas cartinhas diferentes e emocionantes, não vou nem falar dos sentimentos envolvidos em fazer um pequeno gesto para ajudar alguém. O mais legal foi minha empolgação pra comprar o carrinho de controle remoto, não tirei fotos porque embrulhei na loja mesmo onde compramos. Olha a letrinha de criança, quando vi a cartinha já sabia que ia levar essa. A Fer, prima do Bruno, adorou uma também, uma mãe que pedia um velotrol pra filha, ela tinha um velotrol novinho em casa do sobrinho, que não usava mais, nem precisou gastar nada pra ajudar alguém.

Aqui em Bauru e região foram mais de 90.000 cartas, isso após a triagem dos correios. Foram adotadas pouco mais de 1.000. Muito pouco, né?

dsc001181Ontem o Bruno foi levar os pacotes no correio na hora do almoço! Fiquei muito contente em ter conseguido adotar esse ano, há dois anos eu queria, sempre deixava pra depois e perdia o prazo.

Tudo bem que tinha uns pedidos bem trashs. Um queria um “noti buc”, outro um “lépitopi”, e outro ainda um “preisteishon”, detalhe, o três. Imagina, né?

O que mais as crianças pedem são bicicletas. Acho que o sonho de toda criança é ter uma bicicleta, né? Quem sabe ano que vem eu não consiga adotar uma cartinha que peça uma bike! ;c)

4 comentários em “101 em 1001 – Item 22. Adotar uma cartinha dos correios

  1. Nanda, eu também sempre falo que vou adotar e sempre perco o prazo. Ano que vem vou tentar. Minha vizinha pegou várias de pedidos de bicicleta e as comprou nesses caras que consertam bike, sabe? Pagou acho que 50 reais!!! Fica a dica pro ano que vem. Beijos

DEIXE UM COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar ao topo