Weekly Clarice: semana 52

Última semana das fotos semanais e um sentimento agridoce me domina. Lembro-me da primeira foto e uma incerteza se conseguiria fazer todas as semanas, afinal não é uma coisa muito simples, e um bebezico em casa toma todo seu tempo. Mas com a ajuda do papai, semana a semana registramos lindamente o crescimento da nossa pequena. E que alegria ver essas fotos reunidas (revelei individualmente, mas vou fazer um fotolivro, claro). Ver aquele bebezico se transformar nessa menininha linda me enche de alegria. Meu coração explode de tanto sentimento ao ver como você cresce linda, saudável, esperta e feliz. Poder acompanhar sua evolução por sete meses em tempo integral foi incrível. E depois, com a necessidade de colocá-la no bercário, a adaptação (mais minha que sua), consigo perceber hoje que foi uma boa escolha (embora eu não tivesse outra opção).

Você evolui diariamente. Essa fase é incrível. Você “fala”, resmunga, chilica, demonstra sua personalidade. Você “canta”, dança, anda, corre, brinca. Como você brinca. Adora seus brinquedos, seus livros. Já tem os preferidos. Ama que a gente conte uma historinha. Você ri, sorri, gargalha. Chora também rs mas é bem pouquinho (fora os choros fingidos que são mais constantes né). Você cai, levanta, cai de novo e levanta de novo. Insiste, persiste. Como é bom ser sua mãe pequena.

É cansativo, exaustivo, em especial nessa fase de um ano que você decidiu que não vai dormir mais que três horas seguidas (sendo bem positiva, as vezes nem completa duas). Eu sei que é fase, é tudo novo pra você. Tem mais dente nascendo, tem nenê crescendo e passando por muitos saltos de desenvolvimento e crescimento. Não há cérebro quieto que resista a tanta novidade. Você acorda, resmunga, quer peito, só quer a mamãe. E isso é outra coisa da qual me orgulho muito. Um ano de peito, de mamá exclusivo. Tudo bem que agora você não pega nenhuma mamadeira ahahahhaha mas essa é outra fase. Eu estou e estarei aqui sempre filha. As vezes com menos paciência do que eu gostaria (a quantidade de horas dormidas é proporcional à paciência e ao bom humor). Mas vou continuar me esforçando pra dedicar a você somente o meu melhor. Não é fácil, mas é possível.

Que venham as próximas 52 semanas recheadas de novidades. Amo você pequena, muito mais do que eu poderia expressar aqui.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar ao topo