52 objetos

9 posts

52 objetos, número 9

DSC_0996 copy

O que é? quadro réplica do Van Gogh, Starry Night

Onde fica: no meu escritório

Origem:  trouxe do MOMA, na viagem a NY desse ano, e paguei a bagatela de 18 dólares

Porque foi escolhido? eu poderia ter simplesmente impresso essa imagem da internet. Mas a compra tem um significado. Não entendo muito de arte e esse quadro sempre me chamou a atenção. Vê-lo no MOMA, junto de outros do Van Gogh me deu uma sensação de PQP, “estou vendo isso ao vivo mesmo”. Me faz lembrar a viagem, o tanto de coisas que a gente aprende conhecendo os lugares desse mundão. Coisas que a gente só via no livro de educação artística, ou história. Tem um significado enorme.

O que é o projeto 52 objetos?
Em muitos anos no futuro alguém encontra uma caixa cheia de coisas que você possuiu e tenta descobrir que tipo de pessoa você era. Talvez essa caixa tenha fotografias, livros, documentos pessoais, roupas, talheres, bilhetes de shows ou até um pacote de chiclete. O que esses objetos diriam sobre você? Eles mostrariam um retrato fiel da sua vida? Qual história eles diriam?

A ideia original veio daqui.  Se quiser ver os todos os objetos que escolhi, clique aqui.

52 objetos, número 8

DSC_9910 copy

O que é? os anéis que não saem da minha mão: minha aliança e meu anel de noivado

Onde fica: na minha mão, quase sempre

Origem: o anel de noivado (mais fininho) Bruno me deu de presente quando ficamos noivos, em abril/2011. A aliança compramos juntos logo depois de ficarmos noivos.

<strong”>Porque foi escolhido? eu adoro minha aliança e meu anel de noivado. Primeiro porque eles são lindos, bem do jeito que eu gosto, bonitos e discretos. Segundo porque eles significam muito para mim. O anel de noivado o Bruno me deu de presente quando ficamos noivos em Paris. Recentemente eu mandei apertar porque estava muito grande no meu dedo. A aliança fizemos logo depois que ficamos noivos (antes usávamos um anel de prata mesmo, daqueles de compromisso). Desde então não saem do meu dedo quase nunca. Representam nosso compromisso, nossa união e acima de tudo nosso estar juntos sempre. Para sempre.

O que é o projeto 52 objetos?
Em muitos anos no futuro alguém encontra uma caixa cheia de coisas que você possuiu e tenta descobrir que tipo de pessoa você era. Talvez essa caixa tenha fotografias, livros, documentos pessoais, roupas, talheres, bilhetes de shows ou até um pacote de chiclete. O que esses objetos diriam sobre você? Eles mostrariam um retrato fiel da sua vida? Qual história eles diriam?

A ideia original veio daqui.  Se quiser ver os todos os objetos que escolhi, clique aqui.

52 objetos, número 7

DSC_0428 copy

O que é? coleção souvenirs de viagens

Onde fica: esses três ficam na mesa do escritório, do lado do meu computador. Os demais ficam em uma prateleira em cima da cama, no nosso quarto

Origem: nossas viagens. Todo lugar que passamos trazemos algo que represente o lugar.

Porque foi escolhido? Eu ADORO essas lembrancinhas de viagens. Desde a nossa viagem em 2011 para Europa procuro comprar alguma coisa que represente a cidade que passamos. A torre, o galo de Portugal e a Estátua da Liberdade representam um pedacinho dos lugares por onde passamos e nos divertimos tanto. Tantas memórias nesses souvenirs. E ainda temos outros mais, que ficam no nosso quarto. A coleção vai ficando cada vez maior.

O que é o projeto 52 objetos?
Em muitos anos no futuro alguém encontra uma caixa cheia de coisas que você possuiu e tenta descobrir que tipo de pessoa você era. Talvez essa caixa tenha fotografias, livros, documentos pessoais, roupas, talheres, bilhetes de shows ou até um pacote de chiclete. O que esses objetos diriam sobre você? Eles mostrariam um retrato fiel da sua vida? Qual história eles diriam?

A ideia original veio daqui.  Se quiser ver os todos os objetos que escolhi, clique aqui.

52 objetos, número 6

foto-3 copy

O que é? câmera fotográfica

Onde fica: quando viajo/saio para tirar fotos, levo comigo. Se não, fica no escritório de casa

Origem: Comprei essa câmera de uma amiga fotógrafa profissional que na época estava fazendo um upgrade em seus equipamentos.

Porque foi escolhido? Eu AMO fotografia. Desde que ganhei do Bruno minha primeira câmera digital lá em 2006 tenho vontade de registrar todos os momentos de minha vida. Conforme o tempo foi passando fui querendo aprender mais sobre essa arte tão bonita e fui comprando outras câmeras, melhorando um pouco as fotos. Antes de ter a d80 tive uma d40, também da nikon. Tenho algumas lentes e recentemente comecei um curso de fotografia básico para aprender a utilizar melhor. Faz uns dois anos ou mais que tenho essa câmera e ela já viajou comigo, registrou fotos de minha família, amigos, minhas pequenas. Eu AMO as fotos que consigo tirar com ela e tenho certeza que ela ainda vai fazer parte da minha vida por um bom tempo.

O que é o projeto 52 objetos?
Em muitos anos no futuro alguém encontra uma caixa cheia de coisas que você possuiu e tenta descobrir que tipo de pessoa você era. Talvez essa caixa tenha fotografias, livros, documentos pessoais, roupas, talheres, bilhetes de shows ou até um pacote de chiclete. O que esses objetos diriam sobre você? Eles mostrariam um retrato fiel da sua vida? Qual história eles diriam?

A ideia original veio daqui.  Se quiser ver os todos os objetos que escolhi, clique aqui.

52 objetos, número 5

DSC_9954

O que é? coleção de rolhas

Onde fica: as rolhas ficam dentro desse decanter que eu comprei recentemente para colocá-los. Antes estavam dentro da gaveta da cozinha

Origem: Cada rolha tem sua história. Temos ainda poucas pois começamos a coleção a cerca de um ano.

Porque foi escolhido? Nós gostamos muito de vinho, mas tomamos mais no inverno. Quando decidi começar a coleção (vi a ideia em algum blog na internet) fiquei super feliz. Cada rolha tem a data anotada e a ocasião que tomamos. As vezes só do nome das pessoas que estavam com a gente no dia que tomamos. Tem rolha de um almoço de domingo que o Bruno fez só pra nós, do aniversário dele na casa de amigos, do dia que compramos nosso apê. Só de pegar uma rolha e lembrar de alguns detalhes daquela garrafa que tomamos me enche de alegria. Tem vinhos desde baratinhos até mais caros ou ainda, independente do preço, especial, como o Albariño que trouxemos de Santiago de Compostela e tomamos em questão de minutos, ou o Crevelin que pegamos promoção no mercado e compramos várias garrafas a  oito reais (e hoje acho o vinho mais doce e bleh que existe ahahah). É uma coleção repleta de boas memórias.