amor

38 posts

Há 10 anos…

Us

Aquele primeiro olhar, o primeiro beijo, a promessa de nos reencontrar. Há 10 anos exatos eu o conheci em uma chácara, e depois disso nunca mais nos separamos Depois disso tudo mudou, pra melhor, MUITO melhor. Só pra ficar registrado que há dez anos minha vida faz mais sentido, e tudo ficou mais lindo e incrível. 10 anos de muitas felicidades. Que venham os próximos 10, e mais 10, e mais 10…

8 anos

Eu não sabia que seria tão, mas tão bom. Quando eu disse la trás “sejamos bem vindos aos melhores anos de nossas vidas” eu não sabia que teríamos nosso apê lindo, conheceríamos Paris, e em breve a terrinha do Mickey. Que comeríamos comida japonesa quase toda semana.. que iríamos pra praia e assistiríamos um filme de madrugada, juntinhos, sem precisar ir embora. Que teríamos tanto, em tão pouco tempo, e seria tão lindo como no comercial da margarina.

Por todos esses anos, pela nossa vida em comum, pelos tropeços e reencontros, pelos sorrisos, lágrimas e carinhos, por nós dois… te amo pra sempre.

Eu olho pra você e sei que você é O cara, e que nenhum outro poderia ser o que você é pra mim. Pelos próximos oito anos, vezes oito a oitava potência: AMA, sempre.

 

Inspiration love

Tá, quem não gosta de dia dos namorados, esse não é um bom post pra ler. Se você acha que é só mais uma data comercial e blábláblá, ok, mas eu acho que é um momento a mais para celebrar o amor. Tem uma foto minha e do Bruno que eu simplesmente amo (uma das) e tem tudo a ver com esse clima so romantic.

Eu e Bruno, em Paris, abril/2011 (Foto by Lê)

Tem algumas galerias de fotos pela internet que eu adoro. Uma delas o We ♥ It., que vivo adicionando fotos que acho bonitas. Quando eu entro no site, perco um tempão vendo as imagens. E outra, a mais famosa atualmente, é o Pinterest. Cuidado, extremamente viciante.

Imagem daqui

E, por ser um final de semana um pouco mais romântico que os demais, tem vários pins inspiradores por lá.

E para ajudar quem ainda não pensou em nada para o dia dos namorados, tem alguns posts super legais que podem ajudar:

E você, tem alguma dica pra fazer nesse domingo? Eu quero é ficar no quentinho de casa curtindo o Bruno (porque sei que ele vai querer usar o presente que eu comprei o domingo IN-TEI-RO rsrsrs). Depois conto o que é.

O noivado

Então que eu deixei um post inteiro pra contar como foi esse dia lindo.

Acordamos cedinho e pegamos o trem para Versailles. Acho que muita gente teve a mesma ideia, o dia estava lindo, ensolarado, então os arredores estava lotado.

Chegando lá, logo vendo o portão do palácio, já dava pra imaginar a grandeza do lugar. Entramos pela lateral e demos de cara logo com os jardins, lindos, florido, cheio de verde.

Passeamos nos jardins, entre as árvores, vimos as fontes lindas, a música por todos os lados. Enfim, passeio inesquecível. Eis que o Bruno e a Lê decidem andar de  pedalinho barquinho, no lago. Todo mundo topou e foi mega engraçado ver o Thiago (meu irmão) e o Bruno apanhando dos remos. O Gui tirou de letra. E então, Bruno com todo seu romantismo, me entrega uma carta linda (como todos os anos desde que estamos juntos) e tinha uma frase no final, em frances: “Veux-tu m’épouser?”

Eu entendi na hora, e ele me entregou um anel lindo, e ali, no lago em Versailles, ficamos noivinhos. Eu não sabia de nada, foi uma surpresa linda. No dia em que completamos sete anos juntos ficamos noivos, em Paris. E a Lê (prima) no outro barquinho, filmando tudo (eu ainda não recebi esses vídeos, hein, Lê :P) , e o Gui, Ayira e Thi só olhando, todos já sabiam. Foi um dia lindo e eu vou lembrar sempre. Depois ainda fizemos picnic em baixo da sombra de uma árvore, com direito a baguete e cerveja francesa. E a gente é assim, feliz.

E em breve eu volto com os relatos dos outros 15 dias de viagem.

Dia 18: Um poema

Eu poderia escolher outras diversas poesias das que eu mais gosto. Mas vou mostrar pra vocês porque sou COMPLETAMENTE apaixonada pelo Bruno =D:

Que o tempo de te amar venha temprano
Como a luz da manhã beijando o Tejo,
Porque não tenho noutra o meu desejo,
Porque não quero longe estar um ano.

Vês? Não há dor nem pranto neste plano:
A Fé é a coisa mais bela que vejo,
Saudade não macula o novo beijo,
O tempo não apaga o amor romano.

Na coisa pretendida, minha amada,
Empenhemos a nossa fé, vertente
À própria coisa, certa ser sagrada.

Para provar dos favos, sois contente
No tempo que já temos destacada
A intentada de amar eternamente.

Bruno E. P.