Dos momentos que eu queria que o tempo parasse

Se tem uma coisa que a gente ouve quando vira mãe é: “aproveita que o tempo passa rápido”. Sério. Todo mundo fala isso, e acho que as pessoas tem razão mesmo. Clarice já não é mais um neném recem nascido. Já é uma bebezinha sorridente. Ao mesmo tempo que ela já cresceu, ainda é pitininica. É uma constante contradição de sentimentos. Eu aproveito cada segundo ao lado dela. Ficamos juntas 24h por dia e é uma delicia. Claro que eu já sinto falta do que ainda nem vivi. Tá vendo como é contraditório? Rs 

E esses dias o Bruno me disse assim: “Fernanda, você percebeu que já passou 1/3 da sua licença!?” Pera. Para. Se não eu surto rs 

Então eu pensei em momentos que eu queria que o tempo parasse. São eles:

 
Quando ela dorme no meu colinho

Clarice acorda todo dia por volta das seis da manhã. Mama, eu troco a fralda e brincamos um pouco. Depois de uma hora e meia ou duas ela dorme novamente, normalmente no meu colo. Quem disse que eu consigo colocá-la no carrinho ou berço? Ficamos assim por uma ou duas horas. É tão bom. Seu cheirinho, sua cabecinha, seus gemidos. Eu queria que o tempo parasse e a gente ficasse assim pra sempre . Ahn, normalmente a Vera e a Glória estão do meu ladinho, dormindo junto. Ai fica ainda mais perfeito.   Quando a gente dança juntinho 

Quando eu estava grávida, fiz uma playlist no deezer com musicas pra escutar naquele momento. Eu escutava musicas infantis também, mas uma playlist era especial, com músicas lindas e com significado para aquele momento. Aí hoje, com minha pequena no colo, eu danço essa playlist quase todos os dias. Ela fica quietinha, curtindo. As vezes dorme. É um momento único, especial. Nas primeiras semanas que ela estava aqui eu chorava TODAS as vezes que ouvia as musicas rs Hoje estou mais controlada, mas é um momento tão intenso que me emociono mesmo.     Quando a gente canta junto

Desde quando a Clarice tem um mês eu coloco ela na cama, em algum momento do dia, coloco musiquinhas infantis no celular, pego algum bichinho de pelúcia e a gente canta junto. Ela ADORA. No começo não acompanhava muito, agora só de ouvir a musiquinha dá risada. Ela tenta pegar os bichinhos, ri, da gritinhos, balança as perninhas e bracinhos. Eu babo litros. Por mim, ficava daquele jeito o dia inteiro rs ela enjoa depois de uma meia hora, às vezes mais, mas nos divertimos muito. 

Tem outros momentos que eu queria que o tempo parasse. A hora do banho, quando ela acorda de madrugada sorrindo pra mamar, a hora da amamentação. Ser mãe é realmente intenso demais. E eu estou amando tudo isso. Tempo, colabora vai, passa só um pouquinho mais devagar rs 

3 comentários em “Dos momentos que eu queria que o tempo parasse

DEIXE UM COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar ao topo