diário

420 posts

Por aqui (abril)

Curtindo muito as férias da mamãe e do papai. Muitos passeios, chamego, carinho, tempo junto. Pode ter férias de dois meses duas vezes por ano? Teve piscina de bolinhas, zôo, shopping, parquinho, praia, aquário, Projeto Tamar, casa de vovô e vovó e muito mais. Que delícia ser criança.

Andando, andando e andando rs A pimpinha agora aprendeu de vez e não para. Parece que deram corda infinita rs vai de um lado pro outro, volta e vai, e não cansa nunca. Cai, levanta, agacha, levanta. Já até sabe abaixar e levantar sem apoio algum. Acabou-se o sossego (como se ele existisse antes né? rs)

13076726_1267842899895881_4635450907767443461_n

13083327_1267844199895751_858698861473460278_n

Comemorando o aniversário da pequena. Teve bolinho no dia no aniversário, teve festinha no dia seguinte (feriado) com a família, tudo pensado e planejado pra ela. Eu já disse que ela ama o desenho Mundo Bita né! Então o tema não poderia ter sido outro. Graças as muitas ideias da internet, ajuda de mami, irmã e tia, tudo saiu do jeitinho que eu queria e ficou LINDO. Vou fazer um post com detalhes quando eu pegar as fotos com a fotógrafa. Adianto que a Clarice curtiu a festinha inteira <3 Muito amor!

IMG_4792

Curtindo os brinquedos novos. Que delícia que é abrir os presentes e brincar com brinquedos novos, né. Me divirto com a Clarice rs as vezes até mais que ela, porque ela ainda não entende rs! Minha sala é a brinquedoteca da Clarice rs e eu nem ligo para a bagunça que fica. Acho tão linda essa decoração!

_DSC2447

Hibernando em casa. Se no início do mês pegamos praia com um calorão, no finalzinho estamos curtindo o quentinho de dentro de casa. O tempo virou de repente e de 35 graus de um dia foi pra 12 no outro. Loucura não? Tiramos as roupas do frio do armário, separamos as que não servem mais (ô fase pra perder roupa, né. Novinhas, lindas. Já vão para quem precisa) e a roupa que eu mais amo a Clarice agora pode usar: pijamas. Fala se bebê de macacãozinho ou pijama de frio não é a coisa mais deliciosa do planeta. Ela tem vários modelos como esse aí de cima e cada vez que usa tenho vontade de mordê-la (ainda mais).

Carta para Clarice – mês 12

Minha filha,

1 ano se passou daquele vinte de abril de 2015. Um dia que passou a ser tão especial na minha vida (e na sua também, claro). Você nasceu, filhinha, e a mamãe renasceu. Eu não imaginava o que e quanto mudaria na minha vida. Nas nossas vidas. E esse primeiro ano veio pra mostrar que os nossos planos não significam nada diante dos planos de Deus. Sim minha filha, você não foi planejada, veio a hora que quis e não podia ter vindo em melhor momento. Sério, não é pieguice minha não. Você chegou na hora certa, perfeita, e veio completar um espaço vazio que a gente nem sabia que existia.

Filha você é luz. Por onde passa alegra, ilumina, irradia felicidade. Quem te conhece enxerga o quanto você é especial. Tenho certeza que você tem uma missão especial aqui, na nossa família, e já está cumprindo de forma exemplar: você uniu, você intensificou o amor, você reaproximou, você fez muita gente voltar a sorrir. E é tão esperta, inteligente. Pareço aquelas mães babonas que só tem elogios aos filhos, mas é tudo verdade rs De verdade.

Fazendo uma pequena retrospectiva da sua vidinha, e tirando os primeiros dias de loucura quando se tem um bebezico recem nascido em casa, você não deu trabalho algum (fora acordar inúmeras vezes pra mamar – mas é seu direito né rs). Você mamou no peito (e mama até hoje) e eu não tive nenhum problema com isso (não tive bico rachado, peito empedrado, nada disso). Você não teve refluxo. Não teve cólicas. A introdução alimentar foi tranquila e você tem uma boquinha santa. Come de tudo que a mamãe faz. Seus dentinhos nasceram e fora algumas pequenas manhas você não teve nadica de nada. Você foi pra escola e não chorou nem um dia. A adaptação foi super tranquila e você ama suas professoras. Não estou falando tudo isso como troféu, e sim pra ficar registrado aqui para eu sempre me lembrar dos detalhes do seu crescimento. Sei que bebês dão trabalho, e você deu, claro, mas passamos e temos passado por tudo tão tranquilamente. Eu já disse antes, você é paz. Você traz paz.

Hoje você está tão moça, tão crescidinha. Já anda, já fala mamãe, papai. Já está cheia de dentes, já brinca com brinquedos de encaixe, já pula obstáculos na escola, já vai na cama elástica rs Você é observadora ao extremo. Pega coisinhas minúsculas do chão e olha, gira, observa, quer saber todos os detalhes. E quase nunca coloca objetos na boca. Sua curiosidade é com o olhar e o tato. Já conheceu o mar, experimentou água salgada (e um bocadinho de areia junto). Já sabe fazer choro fingido (é tão engraçado rs mas eu me controlo pra não rir. Tento ignorar, afinal, a senhorinha precisa de limites também né).

Filha, esse primeiro ano foi intenso. Foi um ano de dedicação, entrega e aprendizado. Ser sua mãe me transformou, eu já disse isso antes. Eu jamais imaginaria que seria capaz de me doar por inteira, de priorizar outra vida que não a minha. E de uma forma tão natural. Filha, eu não te cobro e jamais cobrarei por isso, faço por instinto, por desejo, por necessidade (minha). E sinto que será assim por toda nossa vida.

Comemorar seu primeiro ano é uma das alegrias da minha vida. Estrelinha do meu jardim. Minha pimpinha. Minha tchuquinha. Minha picuquinha. Celebremos esse seu primeiro aniversário com toda alegria que possamos nos permitir. Com um sentimento imenso de gratidão pela sua presença em nossas vidas, pela sua saúde, pelo seu desenvolvimento, pelas possibilidades que a vida tem nos fornecido. Sejamos grata minha filha, sempre, pela nossa família linda e especial. Por saber que podemos contar um com os outros sempre que for preciso. Hoje a sua felicidade e todas as suas  necessidades depende de mim, e eu faço tudo para garanti-las da melhor maneira possível. Mas sei que nem sempre será assim, e a minha missão é estar aqui, ao seu lado. Isso você pode contar, até quando Deus permitir, e em minhas orações diárias eu peço que ele nos guie por todos os anos de nossas vidas.

Feliz primeiro aniversário minha boneca. Que seja o primeiro, tão especial quanto os próximos. Ama. 

Com todo amor do mundo. Mamãe.

Carta para Clarice: mês 11

_DSC1370

Minha pequena,

11 meses. Seu último mesversario. Um misto de alegria e saudosismo invadem meu ser. Ser mãe é uma mistura agridoce tão constante né? Estou muito, muito feliz com essa fase da sua vidinha. São muitas novidades, diariamente você aprende algo novo. Arrisca seus primeiros passos,suas primeiras palavrinhas. Ama seus livrinhos, passear, ficar com o papai e a mamãe. E também adora sua escola. Você é tão feliz e sempre que me analiso como mãe (e olha que eu faço isso muitas e muitas vezes), eu concluo que sou a melhor que você pode ter. Por você ser feliz, saudável, linda. Me emociono só de pensar em quantas qualidades você tem.

_DSC1194

Você está tão mocinha que já até frequenta camas elásticas rsrs Eu amo ver você se divertir e sempre estou pensando em lugares novos para gente passear. Aprendi que mais importante que a quantidade de tempo que passamos juntos é a qualidade desse tempo. Não podemos passar todos os dias grudadinhas, mas nosso tempo juntas será o mais feliz e divertido possível. Vou fazer de tudo pra ser sempre assim (mesmo quando a senhorita insiste em cuspir a comida na minha cara rs).

_DSC1131

Minha tchuquinha, estamos tão próximas do seu primeiro aninho. Um ano! Não posso reclamar que o tempo passa rápido, porque soubemos aproveitar tão bem esse primeiro ano né? Os primeiros meses intensos juntas, grudadas. As descobertas, os desafios, tudo tão lindamente superado com a ajuda do master papai. Como temos sorte né pequena? De ter ao nosso lado o papai. Hoje você não tem noção do quanto ele é especial, mas já descobriu que ele é o máximo né! Esse sorriso lindo que você dá quando vê ele já é um sinal do quanto vocês serão companheiros. Eu me orgulho tanto disso!

_DSC0989

Filha, que venha seu primeiro aninho. Vamos comemorar de uma maneira simples mas muito especial. A mamãe pensou em cada detalhe da sua festinha, que será bem pequena, mas todinha feita pensando em você. Vamos comemorar esse primeiro ano de tantas mudanças e tantas alegrias nas nossas vidas. O aniversário é seu, mas a mamãe também comemora o primeiro ano como mãe. E não poderia ter vindo anjo mais especial para me garantir esse título tão único, maravilhoso e exclusivo.

Com todo amor do mundo.

Mamãe.

Por aqui (fevereiro)


Sonhando com nosso apartamento. Está tão perto de mudarmos para o nosso cantinho. Nem parece que quando compramos ainda ia demorar três anos até ficar pronto. E agora, em pouco mais de seis meses, estaremos mudando pro nosso tão sonhado apartamento. <3

Ficando em pé o tempo todo. Agora a moda é ficar em pé e dançar rs Ela dança porque assim consegue se equilibrar. E detalhe, não quer que segure ela não rs Toda estilosa em pé <3

img_2131.jpg

Lendo muitos livrinhos. Clarice adora livrinhos, e acho que parte disso é porque mostramos pra ela, desde pequenininha, esse mundinho tão especial. Desde bem pequenininha ela folheia os livros (do jeito dela, claro), esfrega as mãozinhas nas páginas, sente as diferentes texturas. Tem um livro que eu leio pra ela desde bebe que ela AMA, toda vez que começo a história ela abre o sorrisão. Espero que continue sempre assim.

IMG_2132

Brincando na areia. Esse mês Clarice estreou no mundo dos parquinhos de areia rs Foi na escola, a tia disse que primeiro ela estranhou e ficou com nojinho kkkk depois adorou. AMEI receber essa foto da minha pequena. Muita vitamina S pra ela rsrs

_DSC0409

Apaixonada, vendo e revendo o álbum do Project Life de 2015. Vou fazer um post especial mostrando o álbum, mas mais uma vez tenho certeza que estou registrando nossas memórias lindamente. Ver o álbum, as fotos, os registros escritos, cada detalhe do nosso dia a dia, os momentos simples, os especiais, até me emociono. Estou apaixonada por esse álbum <3

Planejando as férias em família. Em abril, pouco mais de um mês, saímos de férias. ABRIL é meu mês favorito do ano, ganha até de dezembro, mês do meu aniversário, porque só tem coisas boas. Esse ano não vamos fazer uma grande viagem, primeiro porque a grana tá curta, segundo porque Clarice ainda é muito pequena. Mas vai ter praia (primeira vez da Clarice – que emoção), vai ter aniversário da minha pequena. Tem aniversário de namoro, aniversário de casamento. Só coisas boas. Que venham nossas férias!

Carta para Clarice – mês 10 

_DSC0436

Minha bonequinha, dez meses. Dez meses da sua presença iluminada em nossas vidas. Quanta luz. Quanta energia boa você traz pra gente todos os dias. É repetitivo falar tudo isso, mas é a mais pura verdade. Impossível não ficar feliz ao seu lado.

Os dias passam e a gente vai descobrindo, cada dia mais, essa menininha encantadora que você é. Cheia de atitudes, vontades, independente. É uma delícia acompanhar suas conquistas. Ver você ficando em pé sem apoio, ensaiando seus primeiros passos, balbuciando as primeiras sílabas, chamando a mamãe. Ahn quando você chama a mamãe o mundo poderia parar. Sério. Eu queria dar pause no mundo e ficar ouvindo por horas sua vozinha macia, resmunguenta, chamando pela mamãe. É, porque na maioria das vezes é no chororô que você chama a mamãe né rs Mas é uma das coisas mais encantadoras dessa vida. Ser chamada de mamãe.

_DSC0081

Ao tempo que o mundo é todo seu, minha filha, e eu quero que você sempre saiba disso, eu também queria colocá-la embaixo da minha asinha e deixar você pequenininha assim, pra sempre. Engarrafar seu cheirinho, gravar sua voz, fotografar seu sorriso, filmar suas dancinhas e ficar em looping infinito, curtindo cada pedacinho seu assim. Muito disso eu já faço, mas os dias são tão corridos que eu queria mais. Eu não te prometo presença constante minha filha, porque isso está fora do meu alcance. Mas eu te prometo sempre, sempre o melhor de mim nos nossos momentos juntos. Vou sempre contar a sua historinha preferida, fazer as vozes mais estranhas para você sorrir, inventar as brincadeiras mais esquisitas para tirar uma gargalhada sua. Vou procurar os lugares mais legais para gente passear, vou proporcionar pra você uma infância cheia de alegrias, brincadeiras, passeios, histórias boas para você lembrar. Esse é o objetivo da minha vida, pequena. Fazer você feliz.

_DSC0169

Quando eu olho pra você e vejo o quanto já cresceu, se desenvolveu, o quanto está construindo sua personalidade, eu me orgulho TANTO. Eu sei que sou a melhor mãe que posso ser pra você, sem modéstias, eu me esforço e não sou perfeita, também sei disso, e tem dias que me pego esgotada com nossa rotina maluca. Não é fácil, não é simples, mas nós estamos nos saindo bem, não é mesmo? Ver você saudável, linda, esperta, é o que me faz continuar insistindo nos meus propósitos. E SORTE, minha boneca, sorte que temos o papai em nossas vidas. Você ainda não sabe, mas tem o melhor pai do mundo. Sério. Muito em breve você confirmará o que estou falando!

_DSC0363

Filha, mais uma vez eu repito. Obrigada por decidir vir para nós. Obrigada por nos escolher, por ser tão especial, por ser tão iluminada e abençoada. Eu oro diariamente e agradeço, mais sei que é pouco perto da benção que é ter você em nossas vida. Obrigada minha boneca.

Com todo amor do mundo. <3 Mamãe.

Carta para Clarice – mês 9

Filha,

O nono mês da sua vidinha chegou, e agora você já tem mais tempo fora da barriga da mamãe. Um grande marco, afinal, é esse tempo passando aqui fora que tem transformado você nessa menininha encantadora que você está! Como aprende as coisas numa velocidade incrível! Eu quase morri esse mês que você falou mamãe pela primeira vez. E certinho. Mã-mãe. E estava me chamando mesmo. Olha, não consigo descrever o que eu senti naquele momento e nem em todos os outros depois que você chamou por mim.

Você já está ficando em pé sem apoio por alguns segundos, estão nascendo mais dois dentinhos embaixo, está super cabeluda, falando várias sílabas. São tantas novidades que me encantam em você.

Você é meiga e delicada, mas ao mesmo tempo decidida e exigente! Já sabe bem o que quer e descobriu que se não for atendida é só gritar rs Muito em breve você vai descobrir que as coisas não são tão fáceis assim, mas por enquanto a mamãe vai atendendo suas necessidades. Ao mesmo tempo que você está um mocinha, você é tão bebezinha. Pequena, frágil, dependente. Muito diferente daquele bebezinho quando nasceu, claro, mas continua tão pitica!

Meu coração transborda quando eu falo de você. Seu pai, então. Impossível ser mais babão. Mostra suas fotos pra todo mundo, fala de você o tempo inteiro. Beija, abraça, aperta, elogia. É um encanto ver o amor de vocês.

Aliás babar é o que nossa família mais faz rs. Seus avós, tios, padrinhos, todos babam em você. Você é linda, tem um olhar profundo, você é o pedacinho do nosso cristal mais valioso. Você é motivo que nos faz mais é tão feliz.

Filha, eu tenho tanto orgulho da nossa família. Quero que você cresça sabendo que sempre, sempre estaremos junto. Não importa o que aconteça, não importa as escolhas que você faça (claro que estaremos sempre lhe guiando), estaremos sempre do seu lado. A nossa família é nosso bem mais precioso. E você, minha filha, tem a que mais tem amor pra dar (no nosso mundo).

Com amor,

Mamãe. 

Por aqui (janeiro)

Aproveitando o calor em Bauru e curtindo a piscina na casa do vovô. Finalmente Clarice pode estrear a piscininha. Embora estejamos no verão, estava fazendo um tempo besta nos finais de semana. Mas agora chegou de vez o calor. Coisa mais linda minha boneca.

Dando muitas risadas. Clarice está cada dia mais deliciosa. Ela sempre foi risonha, mas agora está gargalhando um monte. Ri de tudo, se diverte. Eu amo esse sorriso!

Brincando muito na escola Quando recebi essa foto por mensagem da tia da escola, quase morri. Minha bebezica sozinha no cavalinho, com a carinha de felicidade que só ela sabe fazer. Meu coração explodiu de amor e tranquilidade, sabendo que ela continua gostando de ficar na escolinha.

Passeando muito. Clarice adora ir no shopping, desde pequena a gente vai passear pra ela ver os brinquedos (por enquanto é muito pequena, não dá pra ir em nenhum rs). Dessa vez tiramos fotos nas cadeirinhas, ela ficou encantada. Não vejo a hora de levá-la para brincar nos parquinhos e brinquedos. Acho que ela vai amar.

Iniciado uma coleção rs Bruno me deu de presente de aniversário a pulseira que eu tanto queria da pandora. De natal me deu os charms das gachos (cachorrinho) e da Clarice (menininha). Depois eu comprei dois stoppers de coração lindo, rosa, do jeito que eu queria. Mas minha wishlist só cresce rs Aos poucos vou preenchendo e deixando do jeitinho que eu quero

Escalando a casa toda. Não basta engatinhar, tem que escalar tudo que vê pela frente rs não basta ficar em pé, tem que andar de ladinho apoiada. E depois soltar as mãos e cair de bunda. Em looping infinito rs

Iniciando os preparativos para Clarice no Mundo Bita. O tema só podia ser esse né? Pouco mais de dois meses minha pequena faz um aninho. Gente! Será uma festinha pequena, só para celebrar o primeiro ano de nossa boneca em nossas vidas. Esse ano precisamos maneirar nos gastos rs Mas não vai passar em branco. Estou preparando tudo com muito carinho e do jeitinho que ela merece.

Carta para Clarice: mês 8

(null)

Filha,

Seu oitavo mês chegou e com ele uma menininha muito esperta, que engatinha na velocidade máxima, fica em pé, brinca de se jogar de bunda no chão, manda beijos e está cheia de dentes. Como pode aquele bebezico já ser essa mocinha tão grande assim?

Embora o tempo esteja sendo meio cruel, eu estou amando vê-lo passar e nos trazer tantas novidades com você. É muito bom acompanhar suas descobertas, sua alegria, sua luz. Ahn filha como somos abençoados em ter você em nossas vidas.

Você é nossa chaveirinho, nossa passarinha mais linda. Fomos no médico esse mês e você está pesando 7,100kg e medindo 67cm. Continua pequenina e engordando pouco, mas você é tão deliciosa que eu nem ligo mais pra peso ou altura. Você se alimenta super bem, adora as comidinhas que a mamãe prepara com todo amor do mundo pra você. As vezes acho que sou meio maluca com sua alimentação, exigindo as melhores coisas, orgânicas, frescas. Mas é que quando eu penso em você, eu vou até o fim do mundo pra te dar somente o melhor.

_DSC9025 copy

_DSC9288 copy

Você encanta todos que a conhecem. Na escola é só elogios. Nunca chora, se alimenta bem, brinca com os amiguinhos, não estranha nada. Você é uma anjinha. Literalmente. Uma anjinha que veio do céu trazer alegrias e coisas boas para todos que convivem com você.

Eu só posso ser eternamente grata por ter recebido essa missão tão especial. Na verdade, eu acho que a missão é sua, e você está tirando de letra.

Com todo amor do mundo.

Mamãe.

O que eu quero em 2016…

O que eu quero? Quanto querer cabe em meu coração! Um ano novinho, inteirinho, hoje começa. E meu desejo mais profundo é que nossa família esteja sempre cheia de saúde. Que possamos ter muitos momentos felizes em 2016, juntos. Quero ver minha filha dar seus primeiros passinhos, falar suas primeiras palavrinhas, descobrir o mundo juntas. Quero ver meu marido feliz, realizado, ainda que seja com um jogo novo de vídeo game rs Quero me realizar no trabalho, ter desafios, ser desafiada, conquistar os primeiros lugares que tanto queremos. Quero crescer e me desenvolver profissionalmente, como tem sido nos últimos anos. Quero viajar, mostrar à praia para Clarice pela primeira vez, quero que ela sinta o gostinho salgado do mar. Quero descansar, dormir, quero sentir paz, interna, de alma, de espírito, pelo mundo, por aqueles ao meu redor. Quero continuar tendo a certeza que tenho feito um ótimo trabalho por aqui: como mãe, esposa, profissional, filha, amiga (esse é meio falho, eu sei).

Quero ver as pessoas felizes, conquistando seus desejos mais profundos. Quero ver minha Lele nascer saudável, feliz, rodeada de tanto amor que já a espera aqui fora. Quero que 2016 seja O ano para todo mundo. Quero também completar minha pulseira pandora, quem sabe trocar minha câmera, tirar muitas fotos, continuar registrando nossos momentos no PL. Quem sabe voltar a ler uns livros (oi tempo, passe por aqui). Quero mudar para o nosso apartamento. Ahn que sonho morar no nosso apartamento, aquele que a gente tem sonhado nos últimos três anos e que agora está tão próximo de se realizar. Quero deixar minha vida nas mãos Dele e ter a certeza que nada de ruim pode acontecer. E que se acontecer, Ele estará lá, ajudando, consolando, apoiando e mostrando os melhores caminhos. Quero continuar caminhando pra frente com o coração repleto de amor e gratidão. Gratidão. Seja bem vindo 2016.

Retrospectiva 2015

Se eu soubesse como seria 2015 há exatamente um ano, eu não sei se eu estaria rindo de felicidade e emoção ou paralisada de medo e ansiedade.

2015 não teve viagens inesquecíveis ou festas arrassadoras. Mas em 2015 embarcamos na aventura mais incrível de nossas vidas. E olha que eu andava repetindo que os últimos anos estavam se superando. Mal sabia eu. Comecei 2015 com um bebezico na barriga. Eu senti a Clarice se mexer dentro de mim, eu vivi intensamente à espera por sua chegada. Em 2015 eu me tornei mãe, eu aprendi a cuidar, a me entregar por completo, a amar incondicionalmente. Nos hibernamos por alguns meses, nos conhecemos, aprendemos juntas a nos amar e ser confidentes. Descobrimos nossa dependência física e emocional, rimos (muito mais que) e choramos. Nós vimos a Clarice se transformar, de um bebezinho imóvel a uma menininha cheia de vontades, que engatinha e quer ficar em pé se apoiando nas coisas! De uma bebezica que só mamava a uma nenê que come de tudo (amém) e está cheia de dentes. Em 2015 eu usei pela primeira vez uma panela de pressão rs. E aprendi a fazer comidinhas, por causa da Clarice, é claro. Eu nem me lembro como eu era antes dela chegar, porque a transformação foi visceral.

A maternidade me consumiu, me absorveu por completo. E eu mal vi os meses de passarem. Meus olhos, aliás, todos os meus sentidos estavam direcionados para aquela menininha, e desconfio que continuarão assim para sempre. 

Voltei a trabalhar com dor no coração em deixar a pequena no berçário, mas hoje sei que foi a melhor opção pra ela, embora para mim não houvesse outra opção. A danada além de se desenvolver absurdamente, se adaptou super bem. Essa pequena me surpreende tanto que eu mal acredito que ela saiu tão perfeitinha assim de dentro de mim. E mal acredito também como pode ser tão parecida com o pai. Xerox. Mãe sofre viu! Rs 

Em 2015 aprendi que algumas escolhas não dependem apenas da gente, e da maneira mais delicada porém sofrível senti algumas consequências que só hoje, enxergando de outra perspectiva, entendo que tinha que ser assim. A separação física depois de sete meses 24h grudadas, a gripinha e os remédios, o chorinho de felicidade ao me ver, a dor no coração (literalmente) ao ficar pensando nela durante o dia. Tudo isso foi passando e o final de 2015 trouxe tanto aprendizado e amadurecimento que eu desconfio que sou até outra pessoa. 

Sei que nenhum outro ano mais será como antes. E estou ansiosa por isso. Os próximos meses e anos serão repletos de primeiras vezes. Primeiros passos da Clarice, primeiras palavrinhas, primeira viagem. E sei que não vai ser sempre mil maravilhas, como não é. É cansativo, desafiador, mas nos olhos dela eu enxergo a esperança de dias sempre melhores. Pra gente e pro mundo. É no sorriso (e na gargalhada) dela que minha esperança se renova. Que me faz querer insistir pra ter um mundo melhor pra ela viver. 

2016, te recebo de braços abertos. Venha e me surpreenda, trazendo com você saúde para os meus. Porque o resto a gente dá um jeito.

E gratidão eterna por você 2015. O ano da minha transformação. O ano da minha pequena boneca de luz. Da minha cristal. Obrigada.