Próxima formata – Roma

E de volta aos posts da viagem, nossa próxima parada: Roma. Eu estava tão empolgada pra conhecer Roma, tanto quanto Paris. Pegamos o vôo de Barcelona (Santa Ryan Air) e estava lotadinho de padres, monges, freiras. Tinha que ser, né? Mas achamos que era algo meio fora do comum, era muito santo em um vôo só. Quando chegamos ao Aeroporto descobrimos que no dia seguinte aconteceria a beatificação do Papa João Paulo II. Muita coincidência, sorte ou benção mesmo? Acordamos no dia seguinte SUPER cedo pra tentar ir ao Vaticano. Nunca vi tanta gente no metrô na minha vida. Nem em São Paulo na hora de pico. As estações estavam cheias de guardas municipais orientando os caminhos. Era MUITA gente. Chegando no Vaticano, a Praça de São Pedro tinha tanta gente… Entramos lá no meio e teve uma hora que eu senti: vou morrer ahahha. Demos um jeito de sair de lá, aquela hora não ia dar certo mesmo. Saimos e fomos direto a estação Colosseu. Mal saímos da estação e já demos de cara com aquilo que meu olhos nem acreditavam ver:

Coliseu durante o dia

Tomamos café em um quiosque bem na frente da estação. Em Roma o Coliseu não abre por três dias no ano: dia 01/01, dia 25/12 e dia 01/05. Adivinha o dia que estávamos lá? Dia 01/05. ahahaha. Murphy filho da puta. Maaaas, nós só iríamos embora dia 02 a noite, então voltamos no mesmo dia a noite para vê-lo iluminado e no dia seguinte pra vê-lo por dentro. Eu fiquei tão empolgada que nem me lembro direito a sensação de estar lá dentro. Foi tão incrível.

Coliseu a noite

Ainda no dia primeiro, acho que foi um dos dias que mais andamos na viagem. Andamos Roma praticamente INTEIRA. Saímos da estação Coliseu e fomos em direção ao fórum romano. Passamos pelo que agora é o Palácio da Cultura, paramos em um Irish Pub e tomamos um outro tipo de cerveja (já disse que bebemos vários tipos de cerveja durante essa viagem? rsrs). Vimos na TV a Praça São Pedro e demos Graças a deus de não estar lá rsrss. Passamos em várias lojas pra comprar lembrancinhas, depois continuamos a caminhada rumo ao Panteon, Parlamento e Fontana di Trevi. Comprei o óculos que eu tanto queria em uma ótica do lado da Fontana di Trevi e veio com um paninho personalizado. Adorei.

Depois decidimos voltar ao Vaticano, a tal da beatificação já tinha terminado e nós queríamos entrar na Basílica. Ficamos TRÊS horas na fila aguardando pra entrar, mas valeu a pena cada segundo. A Basílica é uma coisa fora do comum, todo ouro, as pinturas…  eu ficaria lá por horas. Pena que tinha que sair rapidinho. Coloquei minha mão na água abençoada e mesmo sem ser a pessoa de mais fé no mundo, agradeci, e tenho certeza que saí de lá ainda mais protegida, mais bem guiada. Passamos na lojinha pra comprar terços, livros, tomamos um gelatto antes de sair do Vaticano e voltar para o Hostel. Tudo isso em um único dia.

E ainda não tinha acabado. Saímos novamente a noite e jantamos num restaurante na frente do Coliseu, eu comi um nhoque DIVINO e tiramos muitas fotos.

O corpo de João Paulo II

Nós dentro da Basílica de São Pedro

Fontana di Trevi 

No dia seguinte pela manhã continuamos andando, fomos ao Circo Mássimo (que não tem quase mais nada). Passamos pela pirâmide, andamos ainda mais. E no final da tarde fomos para a estação pegar o trem que nos levaria a Milão. Um trem noturno de oito horas que foi outra experiência inesquecível. Dormir naquelas caminhas com cinto pra não cair foi engraçado. E no dia seguinte, bem cedinho, estaríamos em Milão, a Capital da Moda, da igreja mais linda que já vi, a Duomo, do Campo de futebol mais longe que eu já vi, o Sansiro e de mais fotos e mais momentos inesquecíveis. Mas daí, é assunto pra outro post.

Mais fotos de Roma aqui.

Um comentário em “Próxima formata – Roma

DEIXE UM COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar ao topo