cinema

12 posts

Shrek para sempre, Prince of persia

Se tem um lugar que eu e Bruno vamos sempre é o cinema. Junto com nosso casal favorito de amigos, Betinho e Fer, batemos cartão por lá na maioria das vezes no domingo a noite. Tem maneira melhor de fechar o final de semana?

Shrek para sempre

Sinopse: Depois de desafiar um dragão diabólico, resgatar uma linda princesa e salvar o reino de seus parentes, o que mais pode um ogro fazer? Bem, se você é Shrek, logo se torna um pacato homem de família. Em vez de assustar os aldeões como costumava fazer, um relutante Shrek agora se contenta em autografar ancinhos. O que aconteceu com o rugido deste ogro? Com saudades dos dias em que sentia um “ogro de verdade”, Shrek é enganado e assina um pacto com o negociador cheio de lábia Rumpelstilskin.

Shrek repentinamente se encontra em uma versão modificada e alternativa de Tão Tão Distante, onde os ogros são caçados, Rumpelstilskin é rei e Shrek e Fiona nunca se conheceram. Agora, depende de Shrek desfazer tudo que fez para salvar seus amigos, trazendo de volta seu mundo e recuperando seu Verdadeiro Amor.

O que eu achei: Sem comparação com os dois primeiros filmes, o quarto filme do ogro mais encantador e engraçado não foi lá essas coisas, mas eu me diverti. Fui ao cinema nem esperando muita coisa, afinal no twitter já tinha lido algumas críticas, mas eu realmente gostei do filme. Acertaram na trilha sonora e o gato de botas conseguiu me tirar umas boas gargalhadas, assim como o burro. As cantorias dele são muito engraçadas. Vale a pena assistir para conferir o último filme da saga (pelo menos é o que estão falando, né?).


Prince of Persia

Sinopse: Da equipe que levou a trilogia de Piratas do Caribe para as telas do cinema, Walt Disney Pictures e Jerry Bruckheimer Films apresentam ‘Príncipe da Pérsia: As Areias do Tempo’, um épico de ação e aventura ambientado na mística Pérsia. Um príncipe guerreiro (JAKE GYLLENHAAL) relutantemente une forças com uma misteriosa princesa (GEMMA ARTERTON) e, juntos, eles lutam contra forças obscuras para salvaguardar uma antiga adaga capaz de libertar as Areias do Tempo – um dom dos deuses que dá à pessoa que o possui o poder de controlar o mundo.

O que eu achei: Pensa em uma pessoa doida pra ver o filme por causa do jogo. Era o Bruno. O filme tem efeitos incríveis e a história é legal (tirando a adaga com o botãozinho mágico).  A atriz que fez a princesa, mesma que fez Fúria de Titãs é tão linda que dá raiva rsrsrs E o Dastan, ahn Dastan!

Lua nova

81357Lua Nova

Sinopse: No dia em que Bella completa 18 anos, Edward Cullen e sua família abandonam a cidade de Forks para protegê-la dos perigos do mundo sobrenatural. Já então em seu último ano letivo e com o coração partido por ter sido abandonada, Bella descobre uma perigosa maneira de manter contato com Edward e é então que decide levar essa situação às últimas consequências, contando com a ajuda de seu vizinho Jacob Black, membro da misteriosa tribo dos Quileute.
Vivendo cada vez mais cercada de perigo, uma série de acontecimentos faz com que Bella descubra o segredo dos Quilheute. Em uma corrida contra o tempo, ela encontra o seu grande amor em uma situação que nunca poderia imaginar.

O que eu achei: Com uma qualidade muito superior a do primeiro filme, Crepúsculo, Lua Nova realmente me surpreendeu. Primeiro porque a história está melhor contada, os detalhes mais aparentes e o lobo e o vampiro mais incríveis do que nunca. Apesar da Bella continuar aquela chata insuportável, achei que a atriz melhorou um pouco sua interpretação. A trilha sonora é uma das coisas que mais gosto do filme. Vale ressaltar que eu sou team Jacob desde sempre. Realmente, vale a pena ver. Agora é esperar por Eclipse. Falta muito pra junho de 2010?

Super recomendo: 9 a salvação

9---A-Salvacao“9”, a salvação

Sinopse: Quando o boneco 9 ganha vida, ele se encontra num mundo pós-apocalíptico em que os humanos foram dizimados. Por acaso, encontra uma pequena comunidade de outros como ele, que estão escondidos das terríveis máquinas que vagam pela Terra com a intenção de exterminá-los. Apesar de ser o novato do grupo, 9 convence os demais que ficar escondido não os levará a nada. Eles devem tomar a ofensiva se quiserem sobreviver e antes disso, precisam descobrir por que as máquinas querem destruí-los. Como eles saberão em breve, o futuro da civilização pode depender deles. Produzido por Tim Burton.

O que eu achei: As pequenas criaturas feitas com saco de estopa e olhos da câmara de íris me encantaram. Uma animação de tirar o fôlego, o aspecto visual é o que mais chama atenção. E isso se explica através de um nome: Tim Burton.

O filme parece tão real que deu vontade de pular na tela do cinema e pegar um dos personagens pra mim. Totalmente metafórico, os olhares entre os stitchpunks valem mais do que qualquer diálogo do filme. Cada um dos nove tem um estilo próprio e passam perfeitamente a mensagem que lhe foi cabida.

nine_mosaic

O filme parece, ao meu ver, querer passar a mensagem que, embora nos esforçamos muito para avançar na tecnologia, não podemos jamais nos perder durante esse processo.

Eu li várias críticas antes e depois de assistir ao filme, e uma frase resumiu perfeitamente a idéia do filme:

Um filme para ser visto com a mente aberta e sem expectativas de mega produções, comédias ou entretenimento elitista. O que vale aqui é deixar-se guiar pelos valores que você acreditar. E a menos que você seja um robô, não tenha dúvidas que estará do lado certo. (portal de cinema).

Super recomendo, vale muito a pena. Só uma observação: no dia que assistimos, tinha vários pais com crianças, algumas  menores de 10 anos. A recomendação do filme é para crianças acima de 10 anos. Eu achei que realmente não é um filme infantil, e mesmo que os pais queiram levar, eu acho que não é um filme que a criança vá entender. Pode apenas gostar dos “monstrinhos de estopa”. ^-^

Super recomendo: Up – altas aventuras

up

Up – Altas Aventuras

Sinopse: Carl Fredricksen (Edward Asner) é um vendedor de balões que, aos 78 anos, está prestes a perder a casa em que sempre viveu com sua esposa, a falecida Ellie. O terreno onde a casa fica localizada interessa a um empresário, que deseja construir no local um edifício. Após um incidente em que acerta um homem com sua bengala, Carl é considerado uma ameaça pública e forçado a ser internado em um asilo. Para evitar que isto aconteça, ele enche milhares de balões em sua casa, fazendo com que ela levante vôo. O objetivo de Carl é viajar para uma floresta na América do Sul, um local onde ele e Ellie sempre desejaram morar. Só que, após o início da aventura, ele descobre que seu pior pesadelo embarcou junto: Russell (Jordan Nagai), um menino de 8 anos..

.

up_10

O que eu achei: Simplesmente perfeito! Acho que um dos melhores filmes que assisti esse ano. Do mesmo diretor do Monstros S.A. (melhor filme de desenho na minha opinião, ever), o filme começa mostrando momentos importantes da infância do personagem Carl Fredricksen. Logo depois entra uma montagem com cenas de toda a vida do personagem até a sua velhice, quando o filme começa pra valer. O filme poderia acabar aí, já tinha compensado o ingresso, minhas lágrimas e sorrisos (eu me identifiquei na hora com essa cena: me vejo no futuro vendo meus álbuns com fotos e relembrando os momentos especiais. ownnn) E o filme estava apenas começando!

upaa05

O personagem do Carl Fredricksen é um velhinho ranzinza que perdeu a razão de viver e com a juda de Russel redescobre que a vida pode ter um novo sentido. A dublagem de Carl icou por conta Chico Anysio que super combinou com ele, ficou simplesmente perfeito.

Mensagens como “desapego material, impossibilidade de ter filhos, ausência dos pais” estão ali, no filme, sem metáforas. A verdade nua e crua. E de uma maneira suave, em que você consegue se emocionar e ao mesmo tempo encontrar soluções para o problema, devido ao rumo que o filme dá.

E também não faltam piadas: o menino gordinho super engraçado e inteligente, os cachorros, várias cenas hilárias. Eu já quero meu DVD djá, assim que lançar vou garantir o meu e assistir sempre que quiser!

up_atlas_aventuras

Das muitas críticas que eu li bem antes do filme ser lançado, uma das frases que mais gostei foi da crítica Érika Zemuner, da uol:

Independente da idade que se tenha, é possível escolher o entusiasmo de uma criança disposta a descobrir o mundo ou deixar limitar-se por uma instrospecção pronta a recusar novas experiências.

Vale muito a pena assistir!

E pra finalizar duas dicas: a primeira, o site de Up – Altas Aventuras é super fofo. Quem quiser, clique aqui pra conferir. Tem jogos, downloads, vídeos, personagens, super legal. Eu perdi uma boa horinha lá!

A segunda, quem quiser um Carl rabugento na sua mesa: vi na Animatoons que o site Cubeecraft disponibilizou um paper toy do velhinho. Super fofo. Eu já peguei o meu e vou tentar montar, se ficar bonitinho depois mostro aqui! ^_^ Corre e pega o seu também.

character199

Ahn, uma dúvida minha: a voz da esposa de Carl, Ellie, quando criança, é a mesma da Lilo (do filme Lilo e Stich)? Eu procurei no google mas não achei nada, só achei que a dubladora da Jovem Ellie é a Fernanda Ribeiro (vi no Planeta Disney), mas não achei nenhuma informação. Eu ADORO essa voz, queria ter mais informações, se alguém souber de algum site pra ter mais informações, eu agradeço.