Eu nunca vou me esquecer

IMG_6299.JPG

Eu nunca vou me esquecer o dia que descobri a gravidez. O choque que eu fiquei ao ver o positivo. O mix de sensações que a partir dali eu passei a sentir.

Eu nunca, nunca vou me esquecer quando descobri que era a Clarice. A gargalhada que eu dei, a reação do Bruno, a alegria que preencheu todos os pedacinhos do meu corpo e da minha alma. Nunca.

Eu nunca vou me esquecer a primeira vez que vi o seu rostinho. Eu fecho os olhos e lembro daquela cena. Aliás, eu lembro de olhos abertos. Daqueles olhinhos pretos, aqueles cabelos escuros e molhados, aquele bico de choro. Nunca vou me esquecer do segundo que escutei o seu chorinho. Eu nunca vou me esquecer o primeiro banho em casa, o dia que você pegou o peito de verdade, o sentimento de alívio.  Os sorrisos dormindo, os sorrisos me olhando.  As manhãs e as tardes com você, pequenina, aninhada no meu colo. Eu nunca vou me esquecer a primeira rodadinha na cama, eu nunca vou me esquecer do sorrisinho embaixo do peito, olhando pra mim, enquanto mama.

Eu nunca vou me esquecer a primeira vez que aprendeu a encaixar as cartinhas, que engatinhou, que deu os primeiros passos, que segurou o copinho de água sozinha. A primeira vez que me chamou, mamã. Não vou me esquecer de quando decidiu que não gostava mais de mamão e, mesmo a mamãe disfarçando pra dar, você cuspia. rs Não vou me esquecer do quanto você gosta das panquequinhas e as come tão bem. Não vou me esquecer das cusparadas de comida na minha cara que muitas vezes me estressaram.

Não vou me esquecer que sorrimos muito, mas muito mais do que choramos. Mas também não vou me esquecer do chorinho de dor que partiu meu coração algumas (poucas) vezes, que me fizerem sentir impotente como mãe, que me partiu o coração. Quando engasgou, quando pingamos o remédio no seu olho sem querer, quando teve uma febre, quando teve que tomar soro.

Não vou me esquecer das inúmeras vezes que senti medo de morrer. E das tantas vezes que repito pra mim mesma: não pense nisso. Antes isso NUNCA havia passado pela minha cabeça. Hoje é uma constante só por que você existe.

Eu lembro e relembro tantas coisas que não quero esquecer, que repito pra mim mesma: você não pode esquecer. Mas sei que muitos outros bons momentos virão, e preencherão minha memória que já não é tão boa como era antes. Mas eu não quero, não posso esquecer essas pequenas alegrias que preenchem meu coração e me fazem ter a certeza: valeu e vale a pena.

IMG_5110

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

3 pensamentos em “Eu nunca vou me esquecer”