Carta para Clarice – mês 12

Minha filha,

1 ano se passou daquele vinte de abril de 2015. Um dia que passou a ser tão especial na minha vida (e na sua também, claro). Você nasceu, filhinha, e a mamãe renasceu. Eu não imaginava o que e quanto mudaria na minha vida. Nas nossas vidas. E esse primeiro ano veio pra mostrar que os nossos planos não significam nada diante dos planos de Deus. Sim minha filha, você não foi planejada, veio a hora que quis e não podia ter vindo em melhor momento. Sério, não é pieguice minha não. Você chegou na hora certa, perfeita, e veio completar um espaço vazio que a gente nem sabia que existia.

Filha você é luz. Por onde passa alegra, ilumina, irradia felicidade. Quem te conhece enxerga o quanto você é especial. Tenho certeza que você tem uma missão especial aqui, na nossa família, e já está cumprindo de forma exemplar: você uniu, você intensificou o amor, você reaproximou, você fez muita gente voltar a sorrir. E é tão esperta, inteligente. Pareço aquelas mães babonas que só tem elogios aos filhos, mas é tudo verdade rs De verdade.

Fazendo uma pequena retrospectiva da sua vidinha, e tirando os primeiros dias de loucura quando se tem um bebezico recem nascido em casa, você não deu trabalho algum (fora acordar inúmeras vezes pra mamar – mas é seu direito né rs). Você mamou no peito (e mama até hoje) e eu não tive nenhum problema com isso (não tive bico rachado, peito empedrado, nada disso). Você não teve refluxo. Não teve cólicas. A introdução alimentar foi tranquila e você tem uma boquinha santa. Come de tudo que a mamãe faz. Seus dentinhos nasceram e fora algumas pequenas manhas você não teve nadica de nada. Você foi pra escola e não chorou nem um dia. A adaptação foi super tranquila e você ama suas professoras. Não estou falando tudo isso como troféu, e sim pra ficar registrado aqui para eu sempre me lembrar dos detalhes do seu crescimento. Sei que bebês dão trabalho, e você deu, claro, mas passamos e temos passado por tudo tão tranquilamente. Eu já disse antes, você é paz. Você traz paz.

Hoje você está tão moça, tão crescidinha. Já anda, já fala mamãe, papai. Já está cheia de dentes, já brinca com brinquedos de encaixe, já pula obstáculos na escola, já vai na cama elástica rs Você é observadora ao extremo. Pega coisinhas minúsculas do chão e olha, gira, observa, quer saber todos os detalhes. E quase nunca coloca objetos na boca. Sua curiosidade é com o olhar e o tato. Já conheceu o mar, experimentou água salgada (e um bocadinho de areia junto). Já sabe fazer choro fingido (é tão engraçado rs mas eu me controlo pra não rir. Tento ignorar, afinal, a senhorinha precisa de limites também né).

Filha, esse primeiro ano foi intenso. Foi um ano de dedicação, entrega e aprendizado. Ser sua mãe me transformou, eu já disse isso antes. Eu jamais imaginaria que seria capaz de me doar por inteira, de priorizar outra vida que não a minha. E de uma forma tão natural. Filha, eu não te cobro e jamais cobrarei por isso, faço por instinto, por desejo, por necessidade (minha). E sinto que será assim por toda nossa vida.

Comemorar seu primeiro ano é uma das alegrias da minha vida. Estrelinha do meu jardim. Minha pimpinha. Minha tchuquinha. Minha picuquinha. Celebremos esse seu primeiro aniversário com toda alegria que possamos nos permitir. Com um sentimento imenso de gratidão pela sua presença em nossas vidas, pela sua saúde, pelo seu desenvolvimento, pelas possibilidades que a vida tem nos fornecido. Sejamos grata minha filha, sempre, pela nossa família linda e especial. Por saber que podemos contar um com os outros sempre que for preciso. Hoje a sua felicidade e todas as suas  necessidades depende de mim, e eu faço tudo para garanti-las da melhor maneira possível. Mas sei que nem sempre será assim, e a minha missão é estar aqui, ao seu lado. Isso você pode contar, até quando Deus permitir, e em minhas orações diárias eu peço que ele nos guie por todos os anos de nossas vidas.

Feliz primeiro aniversário minha boneca. Que seja o primeiro, tão especial quanto os próximos. Ama. 

Com todo amor do mundo. Mamãe.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar ao topo