O ócio na infância

Estava aqui, finalizando a  centésima reunião online – do dia –  durante a semana, quando Clarice me chama. Terminei e fui ver o que ela queria. Ela pediu pra eu balançar ela “radical” na rede. Ela pegou três pulseiras – uma vermelha, uma laranja e uma verde, e conforme ela ia me apontando as pulseiras eu deveria fazer o comando: parar, diminuir a velocidade ou seguir – radical é claro. No balanço da rede.

Clarice pode assistir TV durante a semana, um pouco antes do almoço. E durante a semana eu só deixo assistir Netflix. Primeiro, porque eu não estou vendo o que ela está assistindo e normalmente ela assiste as mesmas coisas no Netflix. É muito mais fácil controlar o Netflix do que YouTube. E segundo porque se ela assiste Youtube ela fica INSUPORTÁVEL. Não sei aí, mas tem cada canal IDIOTA indicado para crianças que dá vontade de chorar. E é óbvio, que ela gosta dos youtubers idiotas. Na minha visão rs então final de semana ela até assiste, mas normalmente fazemos outras coisas e ela nem lembra.

O impacto que a TV tem no comportamento dela é físico. Ela já é animadinha, se assiste um canal de games por exemplo, já fica loucona. Então o combinado é assim. Quando ela acorda, brinca até perto das 11h (e faz lição quando tem, tudo nos conforme).

Eu não estou aqui pra julgar ninguém que assiste TV não. O que acontece é que eu não dou contar de lidar com uma Clarice que assiste muita TV e YouTube. Então, pra facilitar a MINHA vida, eu limito rs

Ela é uma criança muito criativa, e eu credito isso ao fato de ter bastante tempo livre. Imagina diálogos, letras de músicas, brincadeiras. Mistura letras, números, legos, pelúcias, Inventa parques, rodovias, brinquedos. É a melhor coisa. Vê-la brincando, inventando, estar na platéia vendo uma infância lúdica é uma das coisas mais legais da minha maternidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.