Carta para Clarice

Minha pequena Clarice,

DSC_1824

Hoje, dia 20/04, é o dia mais esperado desse ano, e talvez de todos os anos da minha vida. Confesso que nesses últimos nove meses muitos dias foram esperados. O dia de ouvir seu coraçãozinho pela primeira vez, o dia da temida ultrassom TN, o dia que iríamos descobrir se era a nossa menininha. Os diversos exames para saber se estava tudo bem com você. E quantos exames. E você, minha bolotinha, sempre tirando nota 10. Se eu pudesse descrever a nossa gravidez em apenas uma palavra, tranquila seria a escolhida. Acho que você pensou que o susto da gravidez já foi o suficiente, né? rs

Sim, nós não a esperávamos. Não para agora, apesar de sabermos de sua existência desde sempre. Um dia, você vai saber como foi a sua preparação para vir para esse mundo e vai descobrir como é determinada rs Decidiu vir, e veio. E transformou as nossas vidas de uma maneira que você não tem nem ideia.

É, minha pequena, você não tem ideia de como sua chegada é esperada. Seus avós e tios a esperam ansiosamente. Eu poderia dizer até que desesperadamente rs. A notícia da sua vinda foi a melhor de todas para as nossa famílias. Você veio na hora certa. Se em algum momento eu questionei isso, minha filha, foi só para descobrir essa certeza logo em seguida.

DSC_2204

Filha, você está chegando em um momento maravilhoso de nossas vidas. Tudo foi preparado para sua chegada. Cada detalhe do seu quartinho, das suas roupinhas, tudo escolhido para você. A mamãe demorou para começar a escolher as suas coisinhas. Primeiro, precisávamos ter a certeza que era você. Depois, precisávamos compreender a sua vinda e isso aconteceu aos poucos (pelo menos pra mamãe. Pro papai, foi tudo uma festa rs). Não entenda mal, minha pequena, os medos, a ansiedade, a insegurança faz parte do processo do nascimento de uma mãe. Sim, porque você vai nascer e por você eu vou renascer. Aos poucos eu fui entendendo isso. Aos poucos a barriga foi crescendo, eu fui sentindo você dentro de mim e você deu até um sorriso para nós na ultrassom. Foi assim que eu fui entendendo o significado da sua vinda. E me entreguei de corpo e alma a nós.

Minha goida (é assim que eu chamo suas irmãs – sim, você tem duas irmãs –  e pelas bochechas suas na ultrassom, esse será um dos seus apelidos também rs), não sei como será agora. Até hoje, você estava aqui dentro de mim. Quentinha, protegida, bem cuidada. E agora, o mundo está pronto para recebê-la e a mamãe não sabe como será. O medo e a insegurança continuam aqui, eu confesso. A mamãe e o papai estão doidos para conhecer o seu rostinho. Será que terá cabelinhos? Serão loiros ou pretinhos? Será que vai parecer a mamãe ou o papai? Será que vai dar tudo certo no nascimento? São tantas as dúvidas, minha pequena. Mas maior que tudo isso é o amor que você vai ter ao seu redor, por tanta gente que lhe quer bem.

DSC_2212-001

Nós estamos prontos para você, minha passarinha. Está na hora de voar, em direção as nossas vidas, e cumprir o seu papel aqui. Eu tenho certeza que você foi escolhida para transformar as nossas vidas de uma forma que nós nem imaginamos.

Você é um sonho que nós nem sabíamos que sonhávamos. E agora é a nossa realidade. Toda a nossa realidade. Seja bem vinda.

Com todo o amor do mundo.

Mamãe.

2 comentários em “Carta para Clarice

DEIXE UM COMENTÁRIO

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar ao topo